shadow

Mesa Redonda dos autores de blogs e sites especializados (Julho 2014).

Quais são os perfumes que te aquecem neste inverno? 
Perfumart - post perfumes que te aquecem testada

Amigos(as) leitores(as), seguidores(as) e amantes da perfumaria, chegamos a mais uma rodada da mesa redonda dos autores de sites/blogs que tratam da arte milenar de se perfumar.

No mês passado, o tema foi um tanto quanto singular, pois tínhamos que relacionar pratos da culinária com algumas fragrâncias. Desta vez, como dizem na famosa série da TV norte-americana Game of Thrones: “The winter is coming” (O inverno está chegando). Por isso, o tema deste mês é: Quais são os perfumes que te aquecem neste inverno? (ou quais seriam os favoritos).

Além de fã da série, sou mais fã ainda desta estação do ano. Definitivamente, o inverno tem seu charme e suas vantagens: as pessoas se vestem (pelo menos tentam!) melhor; aquela jaqueta de couro, finalmente, sai do seu armário; as mulheres abusam de suas botas, bem como os homens de seus gorros; o chocolate desce bem de qualquer forma: sólido, líquido, quente ou banhando uma fruta em um fondue com a pessoa amada; a gente pode abusar do vinho e das bebidas mais “quentes”, sem ter que abrir mão de um delicioso chá. E as comidas? Ah…uma massa quentinha, um caldo bem preparado, uhm…no inverno, até sorvete cai bem!

Perfumart - post perfumes que te aquecem

E é no inverno que as fragrâncias mais poderosas ganham destaque nas prateleiras das lojas e nos ambientes em que transitamos. As mulheres abusam dos florais mais fortes, chipres, aquele gourmand que tem aroma de caramelo ou de amêndoas, enquanto os homens capricham nos orientais-especiarados, ricos em patchouli, canela, benjoim, chocolate, mel, etc. E as opções do mercado estão aí para agradar ao gosto de todos (ou quase todos).

Embora o uso deste tipo de fragrância exija um nível maior de cuidado, por diversos fatores, inclusive, pelo fato de que muita gente acaba borrifando por cima de roupas, casacos, etc., eu não irei abordar este assunto aqui, pois não cabe. Irei me manter no tema! E a ideia de perfume que me aquece no inverno é, justamente, aquela da fragrância que fica entre a confortável e a quente. Não precisa ser, necessariamente, doce de dar cárie nos dentes.

Então, dentre a imensa gama de opções do mercado, alguns que me vem à mente neste momento são: Jaipur (Boucheron), com sua canela irrepreensível e quente, com aquele aspecto de doce Português saindo do forno e sendo salpicado por ela; A*Men e seus flankers (ver resenhas Thierry Mugler), que são fortes, bem feitos e sempre elogiados. Obviamente, não posso deixar de citar a versão importada mais barata (ainda assim, muito bem feita), Animale Animale for Men. Tem também L’instant (Guerlain), que ao meu nariz tem nuances de chocolate e ainda possui uma versão mais forte (Extreme). A família Dior Homme (ver resenhas em Christian Dior) também combina com inverno e com um belo casaco. Mas lembre-se que o tal “cheiro de maquiagem” pode lhe incomodar. Neste caso, foi lançada, recentemente, uma fragrância de Valentino que caiu como uma luva (luva é ótimo no inverno!): Valentino Uomo. O CK One Shock também veste muito bem nos dias mais frios, além de possuir ótima projeção e durabilidade. Fleur du Male (Jean Paul Gaultier) é branco e denso como a neve. Lindo por fora e pesado por dentro! E é claro, existem alguns mais raros, de linhas exclusivas, como alguns Guerlains ou os novos Ferraris, da linha Essence. Neste último, destaque para Essence Oud.

Olha, são tantas opções…prefiro nem entrar no campo dos nichos, porque eu estou tentando facilitar a vida de vocês, queridos(as) leitores(as) que vivem no País do “suR$eal”, com suas taxas abusivas e importações problemáticas.

E para as meninas, eu indicaria L de Lolita, Burberry Women, Angel (ou o Miss Varens, que substitui por menos), La Petite Robe Noire (para aquelas que querem ser a cereja do bolo!), etc.

Espero que vocês tenham curtido. Podem divulgar e comentar este texto, bem como ler as opiniões dos outros colegas nos seus respectivos blogs/sites (basta clicar nos links abaixo).

Até a próxima!

Para ler os artigos dos demais colegas, basta acessar os links abaixo:

• Parfums et Poésie, da Lily;
• Perfume Bighouse, da Elizabeth;
• Van Mulherzinha, da Vanessa;
• Village Beauté, da Dâmaris.

*Texto: Perfumart / Imagens: reprodução / Free Images Pixabay e Pexels.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

11 comments on “Mesa Redonda dos autores de blogs e sites especializados (Julho 2014).

  1. Vanessa

    Ótimo texto, como sempre!
    L de Lolita é divino, mas me cansa. E olha que adoro uma doçura. Da casa, o Lolitão EDP tradicional faz mais o meu inverno.

    • Obrigado Vanessa!
      Acho que o inverno me inspira (e olha que nem foi o tema que eu escolhi!).
      PS: lá vou eu incluir o “Lolitão” na listinha dos testes futuros.

  2. Cris Nobre

    querido, que ótimo vc citar o miss varens! eu adoro! super beijo

    • Cris, como não citar? Eu sou mega adepto do bom e barato. E a marca UDV tem muito disso!

      Acho que quem tem problemas com marcas, não é amante da perfumaria e sim, do status perante os coleguinhas das redes sociais. :0)

  3. Li

    Entro e me deparo com uma imagem linda, adorei!! Parecem os frascos da Joanne Bassett.
    E saio querendo conhecer Dior homme!
    Olha, eu que não sou fã de Thierry Mugler, gosto muito do AMen. Perfume com as notas doces equilibradas com o patchouli. Muito bom mesmo!
    Já o L de Lolita foi minha última cartada. Estou adorando! Há algo nele que me remete àquele doce amadeirado do Organza Indecence. Belo perfume.
    bjus

    • Pois é Li, tem dias em que eu acordo mais inspirado do que em outros quando o assunto é edição de imagens. Obrigado pelo elogio!

      Com relação ao L de Lolita, me lembro quando eu o conheci, por volta de 2009, e fiquei extasiado com a potência e o aroma. Forte, doce, meio caramelo, meio café…algo que eu acredito ser até compartilhável. Só fazendo os testes para descobrir. Mas nunca me esqueci do aroma e da qualidade!
      Foi quando eu me interessei ainda mais pela marca e comecei a me apaixonar pelos masculinos da linha.
      Bjs.

  4. Dâmaris

    Cassiano … fizeste-me lembrar: preciso de um Jaipur men. Parece-me haver um certo consenso: Thierry Mugler combina com inverno, não é? abraços

  5. Beth

    Olá Cassiano e amigos! Tantas sugestões ótimas para inverno, a estação que nos proporciona o prazer de perfumes intensos, poderosos… A série Animale é perfeita para o frio!
    Um pouco atrasada com as postagens acabo de atualizar todos os links de autores desta confraria e deixo o meu recém postado. beijocas .

  6. Ju Toledo

    Cassiano, fiquei curiosa com o Fleur du Male e o Valentino Uomo (achei o frasco dele lindíssimo)… já estou com uma extensa lista de perfumes invernais para provar depois dessa mesa redonda. Amo o inverno e suas fragrâncias opulentas… bjo!

  7. Dênis

    Quando a gente vai parar de elogiar o Dior Homme? Nunca! Coisa boa tem que ser espalhada por todos os lados. Não costuma ser meu tipo de perfume mas fiquei com vontade de arrumar umas borrifadas de A*Men numa loja…

    • Tem dia pra tudo e o Angel (e seus irmãos) também encontram umas brechas para serem usados/vestidos. Eu não tenho nenhum deles na minha coleção particular (só o B*Men), mas preciso tirar o chapéu para as fragrâncias da casa Mugler, porque são sempre potentes e resultam em muitas vendas.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »