shadow

Mesa Redonda dos autores de blogs e sites especializados (Novembro 2014).

Perfumes que te deixam de bom humor.

Perfumart - post perfumes humor

Ah, o bom humor. Ele é, antes de tudo, a expressão de que o nosso corpo está bem. Pode estar ligado a fatores físicos e psicológicos e, ainda, varia de acordo com a personalidade de cada um. Mas mesmo sendo a mistura de uma combinação de pequenas coisas, o resultado alcançado por estas 2 palavras é imenso!

Mas o bom humor não tem nada a ver com achar graça em tudo. O bom humor é algo interno, que independe de fatores externos. Você não precisa ouvir uma piada para ficar de bom humor; tampouco precisa estar na companhia de um comediante para tal. Aliás, há um boato de que todo palhaço é triste. Será?

O bom humor é a capacidade de não se afetar pelos pequenos problemas, de emanar uma boa energia para tudo e todos ao seu redor, é irradiar luz através do sorriso, é cantar qualquer música, mesmo que seja aquele jingle de um comercial de refrigerante. Aliás, quer mais bom humor do que em comercial de margarina?

E foi pensando no bom humor, que os autores de blogs e sites especializados em perfumes resolveram tocar neste assunto. O tema escolhido foi: Quais são os perfumes capazes de te deixar de bom humor?

Perfumart - post perfumes humor

E eu pergunto a você, leitor(a) do Perfumart: você acredita que é possível um perfume te deixar de bom humor? Pois saiba que sim! O perfume, enquanto “acessório da pele”, como eu costumo dizer, possui propriedades variadas que muitos desconhecem. Não pelas questões químicas, mas pela vibração e, sobretudo, autoestima que consegue imprimir ao seu usuário. Assim como uma boa música é capaz de alegrar o dia; uma boa refeição é capaz de diminuir o mau humor e controlar males físicos; o carinho dos animais é capaz de curar doentes; o sorriso de uma criança é capaz de iluminar qualquer ambiente; também acontece quando vestimos algo que nos faz sentir bem. Não é à toa que, às vezes, você está se sentindo péssimo(a), mas quando coloca aquela roupa nova ou aquele perfume que está guardado há uns meses, mas que nunca sai da sua coleção, o seu humor muda.

Tudo faz parte de um processo de se sentir bem e transmitir essa energia. Às vezes, basta um corte de cabelo para a nossa fisionomia ganhar mais brilho. Nas mulheres, um simples batom ou aquelas 2 pinceladas de blush em cada lado do rosto, já são suficientes para encarar mais um dia de trabalho puxado. Nessas horas, é possível entender porque algumas pessoas dizem: “poxa, esqueci de aplicar perfume antes de sair de casa. Estou me sentindo pelado(a)”.

Resumindo, assim como a sua alimentação, humor, tipo de pele, hidratação, etc. interferem na maneira como uma fragrância irá evoluir em seu corpo, o inverso também ocorre. E cá entre nós, eu admito que sou capaz de ficar de mau humor o dia inteiro, se por acaso eu me esquecer de aplicar perfume antes de sair de casa para trabalhar ou me divertir.

Mas não é toda fragrância que possui esta característica de levantar o astral de qualquer um. Algumas são consideradas “confortáveis”, justamente, porque transmitem um certo aconchego, algo que te deixa perfumado e, ao mesmo tempo, com a sensação de estar sendo abraçado(a) por alguém. Outras são mais potentes, sensuais, utilizadas no jogo da sedução e da conquista. As mulheres as chamam de fragrâncias “sexy”. Já os homens, criaram uma nova categoria, chamada “perfume da balada”. Leia-se balada como noitada. Dá no mesmo! Tem também aquelas fragrâncias elegantes, que transmitem seriedade e que são muito visadas para ambientes profissionais. E, obviamente, tem aquelas “descoladas”, sem compromisso, com aroma jovial, refrescante, fácil de agradar todo mundo ao seu redor, ótimas para dias quentes, para momentos em família, para o momento pós-banho, etc. Essas são as que eu considero “levanta astral”.

Um dos maiores exemplos que me vem à cabeça, quando eu penso em uma fragrância com o poder de me deixar de bom humor é Cologne, de Thierry Mugler. É uma fragrância unissex, extremamente poderosa no que diz respeito à fixação, com um aroma único que eu, até hoje, nunca encontrei em nenhum outro perfume. Essa espanta até mau olhado!

Outro exemplo de perfume capaz de me deixar de bom humor, sem contar que é uma edição limitada, então o prazer é maior ainda, é Acqua Cèdre Blanc, de Azzaro. Que delícia! Nada como a mistura de cedro e chá branco para relaxar de qualquer problema.

Outro exemplo bacana de perfume que anima até velório é Good Life, de Davidoff. Mas também, com este nome, não poderia ser diferente, né?Figos, chá e amêndoas…dá pra ficar mal humorado?

Perfumart - resenha do perfume Davidoff - GOOD LIFE

É claro que existem inúmeras outras opções, que sempre me deixam de bom humor quando eu uso, como por exemplo: Dune, de Dior; Blue Jeans, de Versace, que é um dos meus preferidos de todos os tempos, etc.

Sem falar das fragrâncias femininas. Existem várias opções! Neste momento, de cara, eu me lembro de 2 ótimas: Green Tea, de Elizabeth Arden e Weekend Women, de Burberry.

5331391_orig

Espero que vocês tenham curtido. Podem divulgar e comentar este post, bem como ler as opiniões dos outros colegas que puderam participar na rodada deste mês, nos seus respectivos blogs/sites (basta clicar nos links abaixo). Até o mês que vem!

O Templo dos Perfumes – Cris; Parfumée – Priscila Lini; Van Mulherzinha – Vanessa; Perfume Bighouse – Elizabeth; A Louca dos Perfumes – Diana

*Texto: Perfumart / Imagens: Google


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »