shadow

Natura pretende abrir lojas físicas em 2016.

No próximo ano, a Natura pretende tirar do papel o plano de abrir lojas físicas (butiques) próprias. A companhia informou que irá operar em shoppings e, por conta disso, vem realizando testes para escolher as melhores propostas arquitetônicas e de serviços, a fim de melhor representar a marca.

Em um comunicado à imprensa, a Natura afirmou: “Estamos seguros de que novas oportunidades de compra, em múltiplos canais, fortalecerão a venda direta”.

A verdade é que a maior fabricante de cosméticos do país está de olho no público das classes A e B. A previsão estimada é de dez lojas inauguradas em 2016, a partir de abril ou maio. Os espaços teriam entre 70 a 80 metros quadrados e receberiam investimento de R$3 milhões cada.

Perfumart - post Natura loja física
Butique Natura em Paris.
 Sobre os estudos em andamento:

A diversificação de canais vem ganhando, cada vez mais, espaço na estratégia da empresa. A Natura já realiza, desde outubro de 2015, um projeto-piloto com a venda da linha Sou em 30 lojas da rede de farmácias Raia e Drogasil nas cidades de Campinas, Valinhos e Vinhedo, no interior de São Paulo. Além disso, entre 2012 e 2013, a empresa teve uma loja conceito na rua mais badalada da capital paulista: a Oscar Freire. Sem contar os quiosques (também chamados de butique pop-up) em alguns shoppings.

Em encontro com alguns analistas e investidores, a Natura disse que as vendas nas farmácias têm tido desempenho acima das expectativas e trouxeram aumento de renda.

Perfumart - post Natura loja física
Quiosque Natura no Shopping Villa Lobos (SP).
 Os desafios:

A Natura tem o desafio de crescer em equilíbrio com mais de um milhão de representantes de vendas diretas no país (consultores), que temem pela competição com outros canais. A empresa tem, ainda, que reconquistar consumidores que conheceram novas marcas de vendas diretas, além dos que passaram a comprar em lojas (inclusive, as virtuais) de beleza nos últimos anos.

A empresa é líder em vendas diretas no país, mas passou de uma participação de 34,8% em 2009 para 29,8% em 2014, enquanto empresas menores como Eudora (do grupo Boticário), Jequiti e Mary Kay ganharam espaço. As varejistas estrangeiras como Sephora, M.A.C. e Maybelline também aumentaram a competição.

Perfumart - post Natura loja física
Natura Ekos Experiência.

 

*Fonte: Ass. Com. da Natura / Imagens: reprodução


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »