Fueguia 2015 – o retorno.

Perfumart - post Fueguia 2015 - topo

Quando visitei Buenos Aires, em 2013, pude conhecer esta marca de perfumes de nicho, que conquistou o mundo inteiro: Fueguia 1833 Patagonia.

De lá pra cá, muito se ouviu a respeito de suas criações – que são maravilhosas – e algumas coisas mudaram. O mercado de perfumes está em constante evolução e as empresas precisam acompanhar este processo. Em 2013, por exemplo, a Fueguia ainda trabalhava com as concentrações Eau de Parfum (30ml e 100ml), Parfum (30ml e 100ml) e Absoluto (30ml), além das versões em roll-on, com base de óleo de jojoba e tamanho de 15ml. Atualmente, as fragrâncias são fabricadas apenas em concentração Parfum (30 e 100ml).

A Fueguia ainda comercializa velas aromáticas, difusores de ambiente (que eles chamam de vela fria) e perfumes de ambiente, que também podem ser borrifados sobre tecidos, sem manchar os mesmos. Esta técnica foi desenvolvida com cuidado, através de produtos vegetais e sem parabenos ou sulfatos, já que a Fueguia também fornece itens de uso diário, como shampoo, gel de banho, condicionadores, etc. para hotéis de luxo do mundo inteiro, inclusive, os da rede Fasano, localizados no Rio de Janeiro e São Paulo.Perfumart - post Fueguia 2015 - frascos

Outra mudança que ocorreu foi com relação às embalagens. Não sei exatamente quando houve a alteração, mas os produtos eram vendidos de forma diferente: os menores eram protegidos pelo exclusivo papel vegetal de mapas e enrolados por um cordão de palha, que trazia um cartão pendurado com as informações e o nome do perfume, conferindo um aspecto rústico. E os frascos maiores eram entregues com a caixa de madeira de demolição, que é produzida em uma uma escola de carpintaria, através de uma parceria social da empresa.

Atualmente, o cliente escolhe três tipos de embalagem: a mais barata, que é reciclável e traz o frasco enrolado no mesmo papel vegetal exclusivo, preso por uma etiqueta com o nome do perfume. Não existe mais o antigo cordão de palha. A segunda opção é a caixa de presente, que é uma caixa cartonada, mais encorpada. E tem, ainda, a caixa de madeira, que eles chamam de Patagonia Box, que só é vendida junto com os frascos maiores (100ml).

Outro fato que eu percebi foi que, desta vez, a vendedora já me atendeu falando em Inglês, bem como a gerente da loja (que já estava aguardando a minha visita pré-agendada). Isso demonstra a imensa procura pelos turistas e a necessidade de aperfeiçoar o atendimento.

Perfumart - post Fueguia 2015 - manager

Com relação às fragrâncias, neste espaço de dois anos, foram adicionadas mais de 10 novas criações, a saber: La Tierra del Rayo, Yakeñ, Cactus Azul, Ambar Nocturno, Agua de Gardenia, Flores Negras, Tinta Roja, Équation, Chamber, Don Giovanni, Supresmatime, Un Deux Trois (todas em 2014) e Conquista (2015).

A experiência da visitação continua maravilhosa: os frascos estão disponíveis para teste, com bulbos de vidro virados para reter a fragrância, reforçando a ideia de laboratório. O que observei de diferente foram as informações no verso dos frascos, com os acordes principais impressos, exatamente como no material oficial do site (disponível para download em PDF). Não me recordo disso na visita anterior, mas é de grande valia para ajudar na identificação das notas, principalmente, para quem possui algum tipo de intolerância com determinado ingrediente.

Perfumart - post Fueguia 2015 - frascos

Perfumart - post Fueguia 2015

É claro que eu não me contive e acabei trazendo comigo mais alguns frascos destas deliciosas fragrâncias, além dos perfumes de ambiente e tecidos, conforme mostra a foto abaixo. E antes que me perguntem o que tem dentro daquela caixa branca, eu respondo: amostras de todas as fragrâncias da marca, para deixar a nossa página de resenhas bem completa para vocês.

E não se esqueçam: se forem à Buenos Aires, não deixem de visitar a loja da Fueguia. Não é um passeio. É um evento indispensável para apreciadores de bons perfumes!Perfumart - post Fueguia 2015


8 comments on “Fueguia 2015 – o retorno.

  1. RODRIGO FIDELES ABRANTES

    Olá, Cassiano. O que achou do Amélia Gourmand? Lembraria algum perfume? Valeu. Abraços

    • Olá Rodrigo. Acho que o nome é Amália…risos. Me lembro de ter gostado muito…mas não me recordo de tudo e nem vou mentir.
      Tenho uma caixa de amostras para resenhar tudo da marca, mas me falta tempo. Está nos planos! 😉

  2. bruna barbieux

    Amei tudo que li, consegui viajar sem sair do lugar! muito bom seus textos! ja vou viajar com muitas informações preciosas!!! parabens!

    • Obrigado Bruna!
      Fique à vontade e aproveite todo o conteúdo.

  3. Marcus Matheus

    E os preços dessas belezuras?

    • Boa tarde. Os preços oficiais podem ser conferidos diretamente no site da empresa, baixando o catálogo em PDF que traz, inclusive, os valores de importação.

      • RODRIGO FIDELES ABRANTES

        Muito obrigado, Cassiano. Essa casa é realmente sensacional. Curto muito o biblioteca de babel, o Lá Cautiva e o La tierra del Rayo. Parabéns pelo Blog. Abs

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

FACEBOOK >>

Twitter >>

Instagram >>