shadow

AMBERFIG EDP, DE AMBERFIG

Perfumart - resenha do perfume Amberfig - Amberfig EDPAmberfig EDP faz parte da coleção Les Parfums de Amberfig, que foi concebida para celebrar os dois anos da marca, lançada em 2014. Essa coleção trouxe três fragrâncias homônimas, porém distintas em composição e concentração (EDT, EDP e Extrait).

Amberfig EDP possui notas de saída de folhas de figo, gálbano, pêssego e bergamota. No corpo da fragrância, notas de figo, coco, rosa Damascena, íris e cacau. A base possui notas de âmbar, fava tonka e sempre-vivas.

Amberfig EDP não tem a mesma saída frutada da versão EDT. É muito mais intensa, licorosa e pungente. Enquanto a nota de conhaque de Amberfig EDT foi imperceptível para mim, aqui cairia muito bem na descrição, mesmo não existindo. Amberfig EDP chega a incomodar, de tão forte que é.

Na minha pele, a fragrância se resume às notas de gálbano, bergamota, figo, coco, cacau e sempre-vivas, nesta ordem. Abre de forma amarga e levemente cítrica, caminha em direção ao figo suculento e macio, cuja polpa teve seu teor cremoso amplificado pelo coco e, então, ganha o amargor do cacau e a doçura da famosa immortelle. Infelizmente, não notei a presença da rosa, que gostaria de ver com maior destaque.

Na minha opinião, Amberfig EDP possui um cheiro frutado, cremoso e quase alcoólico. Consigo ver a ligação com a versão EDT e o crescimento de uma para a outra, juntamente com o percentual de óleos essenciais diluídos (16% de acordo com o perfumista). Minha única preocupação é com o uso repetido da nota de sempre-vivas, pois assim como acontece com a tuberosa e a cera de abelhas, essa nota acaba deixando os perfumes sempre muito parecidos e narizes menos treinados podem confundir a fragrância de Iris d’Or com a de Amberfig EDP, em algum momento. E como uma não é flanker da outra, por esse motivo, talvez, um colecionador não vá querer ter ambas em sua coleção, ao mesmo tempo.

Dito isso, acho que essas duas fragrâncias da coleção Les Parfums se complementam e ouso dizer que a versão EDT deveria ser usada pela esposa, enquanto a EDP pelo esposo, contando uma história e compartilhando momentos. Particularmente, continuo preferindo a versão EDP e sugiro o uso com cautela, pois é um perfume bastante forte.


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »