shadow

AMBRETA, DE CIA. DA TERRA

Perfumart - resenha do perfume Cia. Terra - AmbretaMais um da linha oriental, que se mostrou completamente diferente do que eu imaginava na minha mente. Normalmente, qualquer perfume que eu veja com notas de ambergris me remete, imediatamente, a um aroma abaunilhado e, sobretudo, cremoso.

Nesta versão, que ainda usa a fórmula original desde 1978, o aroma é um pouco diferente. Isso porque a Cia. da Terra não usa produtos que foram testados ou provenientes de animais, procurando sempre alternativas naturais de origem vegetal. Neste caso, estamos falando do HIBISCUS ABELMOSCHUS, normalmente cultivado em países equatoriais e tropicais como Equador, mas também na Índia, Indonésia, China, etc. Os frutos (tipo feijões) são moídos, e depois destilados para a obtenção de um sólido encerado, denominado manteiga de ambreta.

O resultado na pele é um aroma almiscarado forte, que vai morrendo aos poucos, dando lugar à uma base mais abaunilhada, porém, não muito cremosa. Achei o aroma bem natural, fixa muito bem, porém projeta muito pouco na minha pele. Até agora, dos que eu testei, o mais fraco neste quesito.

*imagem: reprodução


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

2 comments on “AMBRETA, DE CIA. DA TERRA

  1. Lucas

    Acha esse o mais sensual da casa ?

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »