shadow

ARABIE, DE SERGE LUTENS

Perfumart - resenha do perfume Arabie

Arabie chegou ao mercado em 2000 e seu nome significa, em Português, “Arábia Saudita”. Serge Lutens diz que a Arábia é imensa dentro de nós e que ela é capaz de abraçar todas as fragrâncias. Esta metáfora não é tão incomum de se ver por aí, já que o Oriente Médio é conhecido por abrigar os mais ricos temperos, incensos, resinas e óleos essenciais.

Dizem que a inspiração foi o cheiro das lojas de especiarias orientais e, como parte do conceito, Serge Lutens define esta fragrância como “uma caravana perdida no deserto”.

A composição é um deleite, só de imaginar como tais notas foram combinadas. Arabie possui cascas cristalizadas de mandarina, figos secos e tâmaras, além de cominho, noz-moscada, cravos, fava tonka, benjoim do Sião, mirra, castanhas de caju, resinas, cedro e sândalo.

Quando toca a pele, Arabie é como frutas cobertas com mel. O aroma dos figos e o aspecto de mel, extraído das tâmaras, é muito presente. Das cascas de mandarina, não dá para esperar por nuances cítricas e adocicadas. Há um dulçor meio ácido que surge vez ou outra, mas nada muito perceptível.

Arabie quase não evolui, mas conforme amadurece na pele, as especiarias se mostram mais fortes e fazem bem o papel de condimentos, que emprestam aroma e realçam o perfume de outras notas. Na minha pele, se destacaram o cominho e os cravos. Por fim, o benjoim do Sião e a fava tonka aumentam o lado oriental da fragrância e reforçam a sua durabilidade na pele, que termina com um pouco mais de cremosidade e um aspecto leve de caramelo.

Arabie é perfeitamente unissex, possui projeção moderada/alta e ótima fixação, além de conquistar muitos elogios. Como dito antes, quase não evolui na pele. Porém, aqui vai uma dica: se você gosta de imaginar o tal cheiro das lojas de especiarias do Oriente Médio e não tem medo de ousar, eu indico conhecer Cuir Mauresque que, na minha opinião, consegue ter mais poder e presença do que este aqui. Ambos são excelentes perfumes e contam um pouco da história de amor e admiração de Serge pela região.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

2 comments on “ARABIE, DE SERGE LUTENS

  1. Donizethe + lena buenogv

    Ola Cassiano boa noite!!! Venho seguindo seus comentários sobre perfumes e colhido boas informações.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »