shadow

CAFE DIEM, DE PK PERFUMES 

Perfumart - resenha do perfume PK Perfumes - Cafe DiemO nome brinca com a famosa expressão “Carpe Diem”, do latim, que significa “Aproveite o Dia”. Por aí, já se pode ver que a criatividade é algo que está sempre presente nas criações do perfumista Paul Kiler.

Mas será que o nome combina com o produto? Bem, na minha análise, após 3 testes seguidos, eu diria que sim e irei explicar o meu ponto de vista nesta resenha.

Para começar, existe uma expectativa muito grande sobre perfumes que levam notas de café, já que o usuário sempre espera que a nuance do café seja dominante, como se alguém tivesse derramado uma xícara de café quente sobre a pele. Não funciona desse jeito! Às vezes, tal nota funciona como um coadjuvante na história, mas é ela quem recebe o Oscar. O mesmo acontece com fragrâncias que levam baunilha, chocolate, etc.

Cafe Diem possui, em sua composição oficial, notas de grãos de café brasileiro, sálvia, absinto, canela, cravo (a especiaria), cardamomo, noz-moscada, Madeira de Hinoki (cipreste de origem japonesa) e whisky, na saída; Absoluto de mimosa, rosa, jasmim e olíbano (frankincense), no coração; Sândalo, vetiveres da Indonésia e de Bourbon, baunilha, fava tonka, cedro, madeiras, âmbar, almíscares e mais incensos, na base.

Com todas estas notas, só existe uma viagem a ser feita: fechar os olhos e se deixar levar para uma tabacaria, rica em aromas, fumaça e homens que se sentam para tomar um café, acompanhado de um belo licor ou outra bebida alcoólica, enquanto degustam de seus charutos e cachimbos. E para o homem desta época, era assim que se aproveitava o dia: reunindo-se com amigos, fumando, bebendo, falando de negócios e estabelecendo seu lugar dentro da classe social.

Como eu disse antes, o café aqui não é a estrela principal. Na minha pele, a fragrância é muito intensa, porém linear. Basicamente, existe um misto de café com bebida alcoólica, que se mistura a nuances esfumaçadas e de madeiras, com um leve toque de especiarias. Eu poderia resumir o resultado da seguinte mandeira: café + absinto + cravo, evoluindo para um aroma de noz-moscada e muito whisky, terminando com nuances de incenso e madeiras.

Cafe Diem é uma delícia, que possui muita característica da perfumaria de nicho, além de ser extremamente envolvente e forte. Embora seja muito mais masculina, pode ser muito bem utilizada pelas mulheres, o que nem sempre é possível na situação inversa.

Para mim, que sou amante de um bom café, degustado com um belo licor e harmonizado com uma trufa de chocolate, este perfume é de uma qualidade ímpar. Então, peço licença, pois eu preciso fechar meus olhos e me deixar levar, mais uma vez, para uma tabacaria repleta de senhores distintos.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »