CHARLES JOURDAN

Perfumart - logo charlesjourdan

Originalmente treinado como um sapateiro, após a Primeira Guerra Mundial, Jourdan abriu uma loja de sapatos na França. Sua linha de sapatos femininos prosperou e tornou-se o foco de sua carreira. Depois de apenas dois anos, Jourdan moveu a sua empresa de calçados para uma fábrica no Boulevard Voltaire, em 1921. Na década de 1930, Jourdan foi o primeiro designer de sapatos a colocar anúncios nas revistas de moda, o que ajudou a identificar a sua marca dentro do mercado de alta costura.

Em 1947, seus três filhos Rene, Charles e Roland entraram para a empresa e, em 1950, expandiram os negócios para além da França, vendendo seus sapatos de grife no Reino Unido. Em 1957, Jourdan e seus filhos abriram sua primeira loja em Paris. Foi-lhes concedida uma licença para projetar e fabricar sapatos sob a marca Christian Dior. Posteriormente, em 1959, passaram a projetar para a Pierre Cardin.

Na década de 1960 e início de 1970, Jourdan utilizou suas campanhas publicitárias em revistas para promover sua imagem avant-garde. Em 1975, roupas e bolsas foram adicionadas à linha de produção da empresa, embora a mesma mantivesse a tradição por sapatos. Charles Jourdan morreu em Paris, em 1976, mas a empresa continuou sob a liderança de seus filhos. A esta altura, boutiques da marca Jourdan já estavam abertas nas principais cidades da Europa e da América do Norte. Roland Jourdan se aposentou em 1981, e a empresa também criou uma linha de perfumes, incluindo um chamado Stiletto, em 1996, em comemoração ao 75º aniversário da empresa. Para homenagear Paris, o frasco tinha o formato da Torre Eiffel.

A loja principal foi transferida para Champs-Elysées, em 1999, mas permaneceu aberta por menos de dois anos, devido a problemas financeiros causados pela mudança para o varejo. Em meados de 2002, a empresa entrou com pedido de falência, com mais de 9 milhões de dólares em dívidas. Patrick Cox, um canadense que lançou seu próprio selo de sapatos, foi nomeado designer chefe da Charles Jourdan, em 2003. Em 2005, ele deixou a empresa.

Ao todo, contam-se 9 fragrâncias já produzidas pela empresa, sendo a 1ª datada de 1978 e a última, de 2004.

FACEBOOK >>

Twitter >>

Instagram >>