shadow

CLASSIQUE ESSENCE DE PARFUM, DE JEAN PAUL GAULTIER

Perfumart - resenha do perfume Gaultier - Classique Essence de Parfum

Em 2016, Jean Paul Gaultier apresentou ao mundo uma nova versão de seu icônico Classique (de 1993), bem como uma nova variação para o famoso perfume masculino Le Male (de 1995). A história de dois perfumes, verdadeiros best-sellers, se encontra com a inovação. De acordo com a grife, é um novo passo, elevando o famoso duo à Belle Parfumerie.

O conceito por trás das fragrâncias revela um laboratório localizado no interior da “fábrica de Gaultier”, que vem sendo explorada nas últimas campanhas. Inclusive, o livro de capa dura (feito para a imprensa) traz fotos exclusivas sobre o tema.

Classique Essence de Parfum foi criado em concentração Eau de Parfum Intense. E ao contrário do que vem sendo divulgado por alguns sites especializados e lojas virtuais, a fragrância possui notas de pimenta, chantili e gengibre, na saída. O corpo da fragrância foi construído com flor de laranjeira e jasmim Sambac. A base possui almíscar, madeira de cade (um tipo de junípero) e Cachalox (molécula da Firmenich), que confere sensualidade e amplia a duração.

A própria perfumista – Daphné Bugey – explica que trabalhar com o gengibre foi primordial, já que houve a intenção de respeitar o DNA da versão original com o mesmo aspecto explosivo. Além disso, a cremosidade da baunilha chega em forma de chantili, gerando um aspecto gourmand. Tudo isso é ratificado no livro e no vídeo oficial divulgado pela grife. Vale lembrar que ela também esteve envolvida na criação das últimas edições limitadas (Classique Betty Boop e Classique Wonder Woman), além do perfume recém-anunciado e prestes a chegar no Brasil, chamado Scandal.

Na pele, Classique Essence de Parfum é DE-LI-CI-O-SO! Ao contrário do perfume masculino que, enquanto flanker, me desapontou um pouco, este aqui possui nuances que fazem lembrar de várias edições anteriores do mesmo pilar. E o grande destaque fica por conta da junção do chantili com a riqueza do jasmim, durante a evolução. Aliás, o uso da nota de chantili (ainda que sintética) vem se tornando muito comum nos últimos tempos, assim como já aconteceu com o uso da nota de sorbet.

A fragrância é explosiva e luminosa, mas rapidamente se torna cremosa, sem ficar enjoativa. A flor de laranjeira confere balanço e o jasmim Sambac traz facetas de laranja, quase frutadas. Não é um perfume doce. É um perfume adocicado, rumo ao gourmand, com grande projeção e alta fixação. Fica perfeito nesses dias mais frios de inverno.

Por fim, me resta falar do frasco que é, na minha opinião, o grande destaque nesse novo duo. Agora, o famoso busto está nu e ganhou mais curvas e definição. A mulher por trás de Classique Essence de Parfum não é mais aquela do espartilho. Ela pratica boxe e krav Maga, não tolera sexismo e, ainda assim, não abre mão da sensualidade de um belo perfume.  


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

One comment on “CLASSIQUE ESSENCE DE PARFUM, DE JEAN PAUL GAULTIER

  1. Kristy

    Acabo de comprar essa nova versão JPG Essence como o inverno se aproxima ummmmm que delícia e combina perfeito na minha pele e personalidade! Adoro

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »