CLINIQUE

Perfumart - Clinique_logo_2013

Em 1967, a revista Vogue publicou um artigo chamado “Can Great Skin be Created?” (em Português: Pode uma Pele Perfeita ser Criada?), escrito pelo editor de beleza Carol Phillips, em parceria com o dermatologista Norman Orentreich, discutindo a importância de uma rotina de cuidados com a pele. Na época, o Dr. Norman foi o pioneiro do método de três etapas: limpar, esfoliar e hidratar.

O artigo foi lido por Evelyn Lauder, nora de Estée Lauder, que compartilhou com ela o mesmo e conseguiu despertar a sua curiosidade. Então, a empresária recrutou ambos para que a ajudassem a criar a Clinique que, em 1968, mais precisamente em agosto, chegava ao salão da Saks Fifth Avenue como a primeira linha dermatológica e testada contra alergias, desenvolvida para cuidados com a pele.

Foi Evelyn Lauder quem, durante muito tempo, desenvolveu os produtos da marca, além de atuar como Diretora de Treinamento. A Clinique foi a terceira empresa dentro do grupo Lauder, após Estée Lauder e Aramis.

Com o sucesso, a Clinique passou a comercializar outros tipos de cosméticos e, também, fragrâncias. Em 1971, surgia o primeiro perfume da marca – Aromatics Elixir. Durante anos, foi um sucesso de vendas e a assinatura de muitas mulheres em todo o mundo. Mas foi em 1997, com o lançamento do perfume Happy, que a Clinique alcançou um nível extraordinário de popularidade e conseguiu destaque dentro do mercado de perfumaria.

Atualmente, a Clinique conta com uma base de mais de 30 fragrâncias, já comercializadas ao redor do mundo. Entre os perfumistas envolvidos, estão nomes de peso como Sophia Grojsman, Olivier Polge, Rodrigo Flores-Roux, Olivier Cresp, entre outros.

FACEBOOK >>

Twitter >>

Instagram >>