shadow

EKOS MAGIA DA FLORESTA, DE NATURA

Perfumart - resenha do perfume Natura - EKOS Magia da Floresta

Dando seguimento ao grande sucesso obtido com Ekos Flor do Luar (2016), que abriu um novo pilar de fragrâncias femininas na linha EKOS, a Natura lançou Ekos Magia da Floresta, em maio de 2018. O conceito foi retratar o cheiro que predomina sob a névoa que paira após as chuvas diárias na floresta amazônica, cenário de tudo que envolve o universo EKOS.

A fragrância combina notas de damasco, pimenta rosa e flor de lótus, no topo; jasmim, peônia e priprioca, no corpo; vetiver, cedro, acorde balsâmico, fava tonka e óleo de copaíba, no fundo.

Ekos Magia da Floresta é, até o presente momento, a mais misteriosa e exótica das fragrâncias já lançadas. Quando se fala de flor de lótus e seu teor aquoso, como aconteceu no material de comunicação deste perfume, durante seu lançamento, a ideia é outra. Na pele, porém, a fragrância não carrega qualquer nuance mais leve ou aquosa. É quente, resinosa e sensual. Por vezes, passa até uma sensação gordurosa.

O damasco é a primeira nota a ser percebida, mas não é muito forte ou frutada. A priprioca domina e, inclusive, consegue se sobrepor à peônia, que é uma nota potente e fresca, normalmente ligada ao cheiro das rosas. O jasmim, por sua vez, está presente e é ele quem confere um efeito saudosista ao perfume. Digo isso porque todas as vezes que uso Magia da Floresta, tenho a impressão de estar usando/vestindo algum perfume dos anos 80.

Mas a melhor parte vem com a evolução, carregada por um acorde balsâmico, que foi obtido através da fava tonka e da baunilha, junto com o óleo essencial de vetiver que, segundo a perfumista Verônica Kato, teve a raiz mais explorada, com seu teor terroso. Aqui, vale uma dica para os mais apaixonados por esta nota: não espere encontrar um vetiver pungente, como aquele que existe na fragrância de Encre Noire, combinado?

Ekos Magia da Floresta não é luminosa e diurna como Ekos Flor da Manhã, nem sensual e de apelo noturno como Ekos Flor do Luar. É uma fragrância amadeirada e sensual, que pode ser usada em diversos momentos e, para melhorar, por ambos os sexos (sim, achei bem compartilhável). Aliás, vou além e ouso dizer que esta é a fragrância que eu gostaria de sentir com bastante Oud, construída em maior concentração e nomeada como Essencial OUD Feminino, ao invés daquela que foi lançada.  

Na minha pele, não parece exalar muito, mas possui duração média de oito horas, o que é ótimo para uma Deo Colônia. E o frasco, com aquela aparência de gotas de resinas, que escorrem e vão engrossando em contato com o ar, sempre que algumas árvores são talhadas para extração, ganhou uma coloração ainda mais especial, que vai de encontro à minha opinião. Vale conhecer!


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

2 comments on “EKOS MAGIA DA FLORESTA, DE NATURA

  1. Sergio

    Interessante o aspecto morno que a fragrância exala. Um tom sensual na medida certa, sem escândalos nem timidez.
    Excelente resenha. (Mais uma vez, não é, fera?)
    Abração!

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »