shadow

JOOP! HOMME WILD, DE JOOP! 

Perfumart - resenha do perfume Joop! Homme WildComeço esta resenha com algumas observações que julgo importantes: quando a gente lê sobre este perfume nos sites nacionais, inclusive na descrição de algumas lojas virtuais, fala-se que esta versão é mais ousada e atrevida do que o seu antecessor, sugerindo o famoso Joop! Homme, de 1989. Mas isso não confere com a realidade, porque o que não é divulgado por aqui, é que este lançamento de 2012 já é o nono flanker do perfume original. Então, compará-lo ao seu antecessor está cronologicamente errado, já que o antecessor deste se chama Joop! Homme Sexy in the Pink, lançado em 2011. E há, ainda, uma outra versão, também lançada em 2012, chamada Joop! Homme Summer Ticket. Portanto, o ideal seria ler por aí que trata-se de uma versão mais selvagem do perfume original. Faria mais sentido!

E vou além: dizer que esta fragrância é mais atrevida do que a original é outra tolice. Joop! Homme foi um verdadeiro transgressor naquela época e continua sendo bastante ousado para o público masculino, até hoje, com seu aroma pungente, floral e doce. Esta nova versão não é, em nada, mais ousada do que a original. Eu diria que é mais moderna e atual.

Com relação à sua composição, conseguiram um ótimo resultado para uma construção simples. Na saída, notas de pimenta rosa; no coração, absoluto de rum e, na base, tabaco branco. Como já citado em outras resenhas minhas, a pimenta rosa não transmite nuances apimentadas, como muitos pensam. O aroma da pimenta rosa (também chamada de aroeira-vermelha ou Schinus) apresenta nuances levemente adocicadas e suavemente florais, lembrando, por vezes, nuances de rosas.

Quando aplicado na pele, parece que contém algum tipo de fruta vermelha, pois apresenta um aspecto docinho, que faz as pessoas pensarem em framboesas ou algo do tipo. Mas é o aroma extraído da pimenta rosa exalando! Depois de 15 minutos, aproximadamente, o tom alcoólico do rum começa a dominar e permanece por toda a evolução, de forma viciante. Para finalizar, o tabaco encerra de forma masculina e sedutora, com suas nuances suaves que remetem ao cheiro de jasmim.

Trata-se de uma fragrância linear, porém bem feita e poderosa. Exala e dura por muitas horas na pele. Tem ar baladeiro, jovial e não corre o risco de incomodar as pessoas ao redor. É aquele tipo de perfume que se adapta ao homem que, durante o dia, é comportado, mas à noite, é transgressor.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

6 comments on “JOOP! HOMME WILD, DE JOOP! 

  1. Amanda

    Então ele é do tipo que chama atenção, ne? To querendo perfumes que ao passar as pessoas sentem e elogiam

    • Oi Amanda! Sentir é fato; elogiar, não sei…não há uma regra para tal. 🙁
      Você só gosta de perfumes masculinos? Não usa femininos?

      • Amanda

        Só rs. Tenho paixão por perfumes masculinos. Femininos só nos outros. Apesar que tem alguns que eu até gosto.

        • Não sou do tipo que indica perfumes aleatoriamente. Por isso, faço consultoria personalizada.
          Mas se vc quer um perfume que chame atenção e não seja muito feminino, experimente o Joop!Femme. É um perfume que beira o unissex, com excelente projeção e fixação, sem perder o encanto de ser mulher. Aproveite o passeio e tente conhecer JOOP! Homme, que é uma bomba forte e adocicada, que nunca passa despercebido.

          PS> nem todo perfume feminino é doce ao extremo. Isso é um clichê, assim como achar que todo perfume masculino bom é “amadeirado”…risos

          • Amanda

            Sim, eu sei disso. Mas é questão de gosto mesmo. As fragancias masculinas costumam me ganhar mais e não são só as amadeiradas. Mas eu vou experimentar o joop femme. E o homme eu tô querendo há tempos. rs Obrigada pelas dicas!

  2. Pedro

    BOA NOITE CASSIANO. JÁ TIVE ESTE FLANKER, MAS NÃO RENDE OS ELOGIOS DO JOOP HOMME QUE É ANOS 80 E ATÉ DESATUALIZADO, ESTE O JOOP WILD É MAIS ATUAL, PORÉM, MENOR FIXAÇÃO E PROJEÇÃO QUE O TRADICIONAL, LEMBRA MUITO O HALLOWEEN MAN O QUAL TENHO, MAIS DO MESMO, NÃO GOSTEI.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »