shadow

JUBILATION XXV MAN, DE AMOUAGE

Perfumart - resenha do perfume Amouage-Jubilation-ManJubilation XXV Man foi criado em 2007, mas lançado em 2008, em comemoração ao 25º aniversário da empresa. A versão masculina é divulgada assim, com números romanos, enquanto a feminina é divulgada com números arábicos. O perfumista desta versão foi Bertrand Duchaufour, que já criou fragrâncias para casas de renome como Comme des Garçons, Penhaligon’s, Acqua di Parma, etc. e é conhecido por ter uma tendência particular por fragrâncias orientais, cheias de incensos e madeiras.

De acordo com a empresa, Jubilation XXV possui notas de ládano, coentro, laranja, davana (da família da Artemísia), olíbano e amoras silvestres, na saída. Não há estragão, como consta no site Fragrantica. O corpo da fragrância contém notas ricas de mel, canela, orquídea, rosa, folhas de louro, cravo (a especiaria), madeira de guáiaco e sementes de aipo. Por fim, a base é composta por notas de patchouli, opoponax, mirra, cedro do Atlas, almíscar, musgo, ambergris, agarwood (oud) e sempre-vivas.

Na pele, Jubilation XXV representa o seu nome: um júbilo (grande sensação de felicidade). O conceito foi representar o homem que carrega a essência da sua filosofia e sofisticação através dos tempos e culturas. E esse perfume é uma delícia! 

Já na hora em que é aplicado sobre a pele, mostra sua qualidade primorosa. A saída é levemente frutada, as amoras estão presentes, a laranja é suculenta, mas tudo isso parece se evaporar sobre o olíbano, como se fosse um sumo espremido sobre pedaços de incenso queimando. Na minha pele, a evolução não revelou as nuances de rosas e orquídeas, como se vê em muitos perfumes de apelo oriental. Porém, as especiarias conferem um cheiro picante e de certa forma adocicado, e a madeira de guáiaco volta a trazer facetas esfumaçadas, reforçando o incenso. A base dá um fechamento mais adocicado, com muita presença da mirra e uma luminosidade conferida pelas notas de almíscar e cedro. É a parte em que mais percebo que a fragrância poderia ter ido para um caminho muito mais obscuro e denso, mas foi trabalhada para ser usada em qualquer momento do dia. Ou seja, embora possua projeção muito boa (é mais forte nos minutos iniciais) e excelente duração, cai bem em qualquer ocasião, seja dia ou noite, frio ou calor (aqui, de forma moderada, é claro).

Antes de encerrar, preciso retificar uma informação: esta resenha é uma edição, pois eu já havia testado esse perfume antes e dito que, depois de uns 40 minutos, ele se tornara muito parecido com o Animale Temptation masculino, de certa forma. Hoje, vejo que a informação não procede e tudo me leva a crer que a fração que ganhei de um amigo, na época, não era desse perfume, ainda que rotulado como tal.

Jubilation XXV Man é uma ode ao incenso e à busca pelo etéreo desconhecido.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »