shadow

LEATHER OUD (LA COLLECTION COUTURIER PARFUMEUR), DE DIOR

Perfumart - resenha do perfume Dior - leather oudQuando eu leio opiniões sobre perfumes da chamada Alta Perfumaria, muitas das vezes eu crio uma expectativa que acaba virando frustração. Isso porque (na minha opinião) certos perfumes não merecem este título, seja pela precariedade da apresentação ou da qualidade de seus ingredientes, seja pelo aroma nada inovador, etc. Este aqui é, definitivamente, um exemplo de fragrância pertencente à uma linha exclusiva. Possui, exatamente, o aroma que eu espero de um perfume de alta qualidade e que possua notas de couro e oud juntas.

É inovador? Nem tanto, porque tem um DNA que eu já senti antes em alguns Montales. Mas tem um oud belíssimo, nada medicinal, muito bem aplicado em uma pirâmide olfativa que é uma verdadeira guerra de titãs: abeto, ládano, sândalo, âmbar, cravo, cera de abelha, civeta, couro, cardamomo, etc.

É rico, seco, rascante e incensado, logo na saída. Então, se rende à uma cremosidade leve, resultado do âmbar e da cera de abelha. Em contrapartida, não perde força. Muito pelo contrário, fica mais rico em especiarias e o cravo, aliado ao cardamomo, reinam no coração da fragrância. Por fim, a estonteante fusão de oud + civeta + couro elevam esta fragrância ao que eu chamaria de tradição, requinte, luxo, poder e refinamento.

Se você tem condições de comprar um frasco deste perfume e quer ser notado, não pense 2 vezes! O segredo dos faraós, a opulência dos marajás e a magnitude dos monarcas, foram engarrafadas pela Dior. Belíssimo trabalho!


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »