shadow

LIQUID CRYSTAL, DE AGONIST

Perfumart Resenha Agonits Liquid Crystal

Vamos por partes: a 1ª coisa a acontecer é você se deparar com uma obra de arte em forma de frasco. Sinceramente, acho que se o conteúdo fosse ruim, não ia decepcionar tanto, porque já vale pelo exterior. Então, vem a 2ª parte, o perfume, que completa esta criação – rica – em todos os aspectos.

A saída não é fácil, porque possui uma nota muito estranha de artemísia absinto que, aplicada com as notas de laranja da Sicília, bergamota e cravos (não a flor), me passou, durante horas, a sensação de algo meio azedo. E esta saída é presente por mais de 3 horas, durante a evolução, quando o aroma começa a acalmar um pouco e a cremosidade refinada começa a ficar mais linear e dona da situação. Então, fica mais fácil perceber a presença do incenso e do patchouli, no coração. A base é deliciosa, semi-gourmand, com um precioso sumo de âmbar branco e fava tonka, aliados ao ládano, vetiver e cedro.

A projeção é absurda durante umas 2 horas. Não adianta “ter cuidado” nas borrifadas, porque o aroma é forte de qualquer jeito. Eu diria que trata-se mais de uma questão de manter a postura ideal a fim de sustentar, com segurança, os olhares alheios (de condenação ou admiração). A fixação é excelente, pois o perfume continuou exalando por mais de 8 horas na minha pele. E qualquer perfume que fixe e exale por horas, sem perder a consistência, é merecedor do meu respeito.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Latest posts by Cassiano Silva (see all)

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »