shadow

COLOGNE, DE THIERRY MUGLER 

Perfumart - resenha do perfume Mugler - COLOGNEComeço com uma confissão: não posso viver sem 1 frasco deste perfume em minha coleção!

Esta fragrância deveria ser simples de ser comentada, mas é muito difícil traduzir, em palavras, tudo o que ela significa. Abre com notas de bergamota, néroli e petitgrain. No coração, flor de laranjeira africana e uma base de almíscar branco. O segredo desta fragrância é o uso da “molécula S” no coração da fragrância, que foi uma inovação na época de seu lançamento, em 2001, pois trouxe a promessa de reforçar o poder das demais notas por mais tempo, já que se tratavam de notas tidas como voláteis.

O resultado é um aroma fresco, com cara de colônia, totalmente unissex, que consegue resistir por mais de 6 horas na pele e, embora você não sinta mais o perfume exalando, as pessoas irão notá-lo em você. É um dos poucos perfumes que conseguem, de verdade, me passar a sensação de banho tomado por horas a fio, fora que o aroma cítrico é delicioso. A tal “molécula S” foi mesmo um “S”ucesso e não dava pra esperar nada menos inovador vindo de Thierry Mugler.

É perfume obrigatório na coleção de quem vive em locais extremamente quentes.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

2 comments on “COLOGNE, DE THIERRY MUGLER 

  1. flavia

    Adorei a resenha, realmente essa molecula S deixou o limão bem espacial.. parabéns pela resenha

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »