shadow

NATURA HOMEM SAGAZ, DE NATURA

Perfumart - resenha do perfume Natura Homem SagazDesde que foi lançado, em 1997, o perfume Natura Homem gerou inúmeras versões (flankers) ao longo dos anos, a saber: Homem Aurum, Homem Aurum Intenso, Homem Elemento, Homem Íon, Homem Zero Grau, Homem Nitro, Homem Nitro Intenso, etc. Em 2015, após o processo de repackaging, foi a vez de Homem Madeiras. Em 2016, mais dois lançamentos: Homem Especiarias e Homem Essence (que foi o primeiro Deo Parfum da linha).

No final de 2017 a Natura trouxe Homem Sagaz e eu estive lá na fábrica conferindo a fabricação do perfume, desde seu envasamento até o carregamento das caixas para o Centro de Distribuição. Junto com a chegada de Homem Sagaz, veio uma notícia ruim: o perfume Natura Homem Especiarias será descontinuado.

Natura Homem Sagaz teve, como conceito criativo, a necessidade de uma fragrância mais sensual (leia-se baladeira) para o portfólio. E o ponto de partida foi a cor do frasco, em vermelho borgonha. A fragrância é uma cocriação entre Verônica Kato e o perfumista francês Antoine Maisondieu e traz notas de saída de bergamota, mandarina verde, erva cidreira e sálvia moscatel (o nome sálvia moscatel nasceu na Alemanha ao usar a planta para a produção de vinhos Muscat. Na Itália, também é usada para completar o sabor em diferentes tipos de Vermute). No corpo foram combinadas notas de noz-moscada, ameixa e pimenta, enquanto a base foi construída com cedro, sândalo, fava tonka e cashmeran.

Na minha pele, Homem Sagaz chega com uma deliciosa nuance de ameixa preta, que eu gosto muito em perfumes. Parece que ela vem no topo, mas na verdade, é o tipo de ingrediente que costuma exalar muito (assim como a maçã, por exemplo). Ao mesmo tempo, dá para sentir o frescor da cidreira e dos citrinos. Aliás, a parte cítrica tem peso na composição, pois fizemos uma dinâmica de criação (durante a visita à fábrica) e o volume utilizado não é tão baixo quanto a maioria pensa. Continuando, surge um acorde fresco de uva, que vai de encontro à nuance sedosa da molécula cashmeran. E conforme evolui, a fragrância vai ganhando mais densidade e se torna mais amadeirada.

Natura Homem Sagaz é um Deo Parfum oriental em toda a sua essência, mas tem seu lado amadeirado e de frescor. Combina com a cor escolhida e foge do padrão maçã + frutas vermelhas. Com relação às características comuns, possui boa projeção e boa fixação. Não é uma bomba atômica, mas cumpre seu papel e consegue ter certa versatilidade entre os estilos romântico e conquistador.

Particularmente, não seria meu perfume para uma balada, pois acho que seria esmagado por outros mais doces e invasivos. Mas é uma escolha acertada para um encontro com amigos, uma reunião de aniversário, um jantar romântico com segundas intenções e até para uso no trabalho, misturando estilo com elegância e trazendo à tona o lado astuto e a perspicácia do homem que o usa, o Homem Sagaz.


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

7 comments on “NATURA HOMEM SAGAZ, DE NATURA

  1. Lily

    Olá! Adorava O Perfume Aurum da Natura. Sabe o motivo de terem descontinuado o perfume? E se há algum perfume que lembra o mesmo cheiro do Aurum, pois queria muito encontrar novamente. Na minha opinião, é o melhor perfume masculino que meu marido já usou. Obrigada!

    • Oi Lily,
      infelizmente perfumes são descontinuados por diversas razões. No caso do Homem Especiarias, por exemplo, ainda que seja recente no mercado, não estava gerando os resultados que a empresa esperava. Acredito que com o Aurum não tenha sido diferente. Perfumaria de venda internacional estuda vários mercados, ou seja, o que não vende bem na França, pode ser um sucesso nos EUA. No caso da Natura, o mercado estudado é, primordialmente, o nosso. E eles não vão continuar produzindo milhares de frascos por dia (como eu presenciei na fábrica) para um produto que não tem saída boa. E isso sempre deixa um órfão por aí… 🙁

  2. Estou usando esse perfume a mais ou menos 15 dias… Gostei desde o principio, mas ainda nao tinha me dado conta o porquê… Hoje com o calor do RJ achei que eu tivesse passado o meu ONLY THE BRAVE da diesel, mas este esqueci numa viajem agora no fim do ano… As notas de entrada diferem um pouco, mas o meio tempo e as horas finais são muito identicos… Em comparação ao da Diesel não perde em nada, além de ter um ótimo custo benefício… Gostei de ter achado esse site….

  3. Rafa

    Realmente ele tbm me remeteu a algo de “eros” só que beeem mais suave. Eu gostei. Gosto muito da nota de salvia e sinto ela bem presente na saida. Sinto tbm a ameixa doce e azedinha muito gostosa que as vezes lá no fundo me remete ao Hugo boss e por fim as notas especiadas com a cremosidade da base me remete a algo criado em “tempos de sauvage”. Nao que seja igual ao Dior mas me trás essa lembrança de “aromático especiado” que tem o sauvage.

    Por ser um Deo Parfum espera um pouco mais tbm. Tbm nao o acho de balada mas é um bom perfume pro dia dia com um certo charme a mais.

  4. Hildebrando Filho

    Olá Cassiano! Mais uma bela resenha, aguçou minha curiosidade. Eu acho que faltava mesmo um perfume baladeiro no portfólio da Natura, algo para concorrer com os One Million da vida… Minha irmã é consultora Natura, vou pegar amostras para experimentar e ver se fará parte da “coleção”. Abraços!!!

    • Não acho que seja concorrente para One Million, porque este está em outra categoria. Mas faz frente ao Impression, por exemplo. E depois de umas duas horas sobre a pele, em um determinado momento da evolução, ficou similar ao Versace Eros. Aí, voltou a mudar e ficou com um sândalo mais cremoso, enquanto este último fica com baunilha.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »