shadow

QA+, DE CHARME ESSÊNCIA

Perfumart - resenha do perfume Charme Essência - QA+Lançado em 2014, este perfume tem, como fonte de inspiração, homens e mulheres imponentes e decididos, que conseguem dar um toque de elegância até mesmo nas coisas mais simples. A ideia principal desta fragrância foi utilizar a lavanda francesa, que é uma matéria simples e muito bem aceita no mercado brasileiro. É considerado um floral-amadeirado-especiado e combina o lado imponente de madeiras nobres com a popularidade do café.

Muitas pessoas não entendem a origem do nome e eu fui uma delas. Cheguei a pensar que se tratava de uma sigla para algo da área de formação do perfumista, o que me levou a pesquisar, inclusive, o conteúdo de disciplinas do curso de Farmácia. No final, pensei se tratar de algo sobre Química Analítica. Mas na verdade, trata-se de um trocadilho, já que a lavanda foi enriquecida com nuances de café, figo e tabaco, então ela ganhou um “quê a mais”, razão de seu nome.

QA+ possui notas de gengibre, cardamomo e lavanda, na saída; Figo, tabaco e gerânio, no coração; Sândalo, patchouli e café, na base.

Na pele, se torna elegante e bem elaborada. De todas as criações da Charme Essência que eu testei, até o presente momento, esta é a mais lapidada. Possui as variáveis da perfumaria tradicional francesa com alguns toques inovadores. Misturar a lavanda com o figo foi, sem dúvidas, uma ideia genial!

Em termos de evolução, a lavanda é primorosa. Possui nuances sedosas e adocicadas, que se perdem em meio às nuances mais amargas do cardamomo. O coração é frutado e cremoso. E esse contraste faz o perfume parecer quente e gelado, verde e adocicado, fresco e denso, tudo ao mesmo tempo. Na minha pele, o café não sobressaiu, restando apenas o lado terroso do patchouli e a suavidade leitosa da madeira de sândalo.

QA+ nasceu para reverenciar a nobreza da lavanda, trazendo a clássica colônia francesa para os dias de hoje, graças ao toque mais moderno do figo e ao doce esfumaçado do tabaco. Se você conhece o perfume The Dreamer (Versace) e gosta da sua fragrância, então tente imaginar uma combinação de camadas (layering) entre ele, um absoluto de lavanda e um toque de figos e você irá compreender como é esta criação.

Possui boa projeção, mas consegue manter a elegância exigida para que a lavanda não pareça de baixa qualidade. A fixação, na minha pele, ficou em torno de oito horas.

Tirando o nome, que deveria ser melhorado, só tenho elogios a fazer sobre este perfume. Vale a pena conhecer!

*imagem: reprodução


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »