shadow

SILVER SCENT PURE, DE JACQUES BOGART

Perfumart - resenha do perfume Bogart - silver scent PureDando seguimento à linha Silver Scent, iniciada em 2006 e que teve a versão Deep como última adição, em 2014, a grife Jacques Bogart parece ter ouvido algumas queixas de seu público acerca do alto poder de projeção de seus perfumes e resolveu criar uma fragrância mais luminosa e perfeita para países quentes como o nosso, nos quais seus produtos fazem muito sucesso e possuem consumidores fiéis.

Silver Scent Pure foi lançado em 2015 e possui notas de maçã verde, toranja, bergamota e menta, no topo da pirâmide olfativa. O corpo da fragrância carrega as notas de cardamomo, noz-moscada, lavanda e flor de Azahar, sobre uma base de patchouli, almíscar e madeiras de guáiaco e de teca.

Posso afirmar que, mais uma vez, a casa provou como fazer um belo flanker sem desrespeitar o DNA do pilar, mantendo a fidelização de seus compradores mais assíduos. A principal diferença entre esta versão e a tradicional está, justamente, na saída do perfume e na forma como ela modifica a evolução.

Se antes a gente sentia a flor de laranjeira muito forte, desde o início, abrindo caminho para as especiarias e terminando com aquela famosa nota de lichia, que todo mundo diz que faz lembrar uva verde, em Silver Scent Pure tudo isso foi um pouco adiado por uma saída mais cítrica e refrescante, na qual a maçã verde e a bergamota brilham em uma explosão verde e ácida. Ao mesmo tempo, é impossível não identificar a nuance única e efervescente da flor de laranjeira, que se uniu às notas de lavanda, cardamomo e noz-moscada, também existentes no corpo da versão tradicional. A base ganhou um toque menos frutado e mais diurno, graças ao almíscar.

Trocando em miúdos, Silver Scent Pure foi feito para agradar aos que já gostavam das versões anteriores e para convencer os que sempre reclamaram de sua pungência, por vezes até incômoda. Desta vez, apesar da fragrância exalar bastante, a projeção ficou bastante contida. E o resultado é um perfume que permanece por um bom tempo na pele, mas dá a impressão de ter se tornado mais suave.

Se ele pudesse falar, ele diria: “Olá, eu me chamo Silver Scent Pure, mas você pode me chamar de Silver Scent Fraicheur”!


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, resenhista nacional e internacional, consultor particular de fragrâncias e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, site especializado em perfumaria.

One comment on “SILVER SCENT PURE, DE JACQUES BOGART

  1. Hildebrando Filho

    Pela sua descrição deu até vontade de experimentar esse… O tradicional definitivamente não é pra mim.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »