TED LAPIDUS

Perfumart - LOGO Ted-Lapidus

O estilista francês Edmond Lapidus nasceu em 23 de junho de 1929 e faleceu em 29 dezembro de 2008. Ficou famoso por democratizar a moda.

Definitivamente moderno, ele traduziu o vocabulário de design da Alta Costura em roupas elegantes e acessíveis, destinadas a consumidores franceses com pouco mais de 20 anos.

Seu pai, um imigrante russo, era alfaiate. Edmond (que mais tarde adotou o nome norte-americano Ted) não conseguia pagar a faculdade de medicina, então assumiu o ofício da família. Enquanto frequentava uma escola técnica em Tóquio, ele viu a possibilidade de aplicar técnicas de fabricação de moda à produção industrial.

Depois de um aprendizado na maison Dior, ele fundou sua própria casa de moda, em 1951. Em 1958, abriu sua primeira loja Ted Lapidus na Rue Marbeuf. 

Em 1963, escandalizou o mundo da moda, formando uma parceria com a fabricante Belle Jardinière, que produziu seus projetos em larga escala e os vendeu em suas 250 lojas com preços acessíveis. Foi o início da democratização fashion na França.

Naquele mesmo ano, foi admitido na associação oficial francesa de costura. Na época, George Simonton (professor assistente de design de moda no Fashion Institute of Technology) disse: “Ele foi um dos primeiros a fazer boutiques, juntamente com Yves Saint Laurent. Eles se tornaram tão populares que se espalharam para os Estados Unidos”.

Em uma entrevista feita em 1964, ao apresentar sua linha “pronta para vestir” (prêt-à-porter) na Macy’s, Ted afirmou: “Na França, agora, as filhas estão vestindo as mães e os filhos, os pais”. Essa mudança no mercado da moda chamou a atenção de personalidades como Brigitte Bardot, Alain Delon, Jean-Paul Belmondo, etc.

John Lennon foi outro admirador e, em 1969, pediu a Ted Lapidus para projetar uma bolsa de couro branco que pudesse abrigar um conjunto de quatorze litografias eróticas de sua autoria. Conhecida como “Bag One”, a edição limitada de 300 malas incorporou fechos, alças e fechadura, bem como a assinatura de Lennon em preto, e foi costurada à mão, na Itália, e depois autografada pelo cantor. Ted também projetou o terno branco que Lennon usou na capa do álbum “Abbey Road”. 

Entre os anos 1960 e 1970 inseriu os trajes safári, as jaquetas militares e incentivou a fabricação de roupas unissex. A partir dos anos 70, Ted Lapidus voltou suas energias para franquear suas lojas e licenciar seu nome para perfumes, jóias, relógios e óculos de sol. 

Sua primeira loja em Nova York foi aberta em frente à Bloomingdale’s, em 1974. Um ano depois, uma outra loja era inaugurada, desta vez na famosa Fifth Avenue (Quinta Avenida).

Ted Lapidus também era louco pelo mar e seu tema favorito era o estilo marinho. Tudo começou com um de seus amigos, com quem teve uma experiência colossal de collants. Ele começou a manipulá-los e transformá-los em botões, nos quais gravou seu logotipo, uma âncora e duas flores de lis.

Em 1983, suas fragrâncias passaram a ser licenciadas pelo Grupo Bogart. Em 1989, seu filho, Olivier, tornou-se Diretor de design da empresa, que foi vendida para uma sucessão de proprietários.

Com relação às fragrâncias, a grife Ted Lapidus possui mais de 30 produtos catalogados no mercado, entre 1975 (seu primeiro perfume se chamava Vu par Ted Lapidus) e a presente data. As fragrâncias são criadas por perfumistas de prestígio na indústria, tais como: Alexandra Carlin, Jean-Pierre Weil, Roger Pellegrino, Pierre Bourdon, Alexandra Monet, Maurice Roucel, Francis Kurkdjian, entre outros.

 

Aviso legal: Marcas e logotipos pertencem às empresas e fabricantes e são usados aqui, exclusivamente, para fins de ilustração aos leitores.

ALCAZAR POUR HOMME
default-divider
ALTAMIR POUR HOMME
default-divider
LAPIDUS POUR HOMME
default-divider
LAPIDUS POUR HOMME BLACK EXTREME
default-divider
LAPIDUS POUR HOMME GOLD EXTREME
default-divider
ORISSIMA
default-divider
TL POUR LUI

 

FACEBOOK >>

Twitter >>

Instagram >>