shadow

CARBONE, DE BALMAIN

Perfumart - resenha do perfume Balmain - CarboneCarbone já começa, de forma fantástica, pela apresentação. Possui um excelente frasco, de linhas retas e vidro pesado, com toque sério e tradicional. Chama atenção!

A fragrância conta com notas de elemi (resina de aroma herbal), musk, benjoim, pimenta bourbon e heras, na saída. Em seguida, no que seria a base do perfume (ele não tem pirâmide olfativa de 3 níveis), temos folhas de violeta, vetiver, incenso e figo negro.

Carbone, de Balmain, é um perfume muito interessante, com o tal “cheiro de homem”, tão elogiado pelas mulheres sem, necessariamente, remeter aos fougères ou aos verdes clássicos dos anos 80.

Na pele, começa meio “ardido”, com um toque mesclado das notas de elemi e pimenta, seguido, imediatamente, por tons amadeirados fortes e pelo incenso, bem intenso, que vai ficar presente o tempo todo, durante a evolução. Depois de uns 40 minutos, começa a se comportar de forma diferente, ficando mais cremoso e esfumaçado, graças à atuação do benjoim e do figo preto que, para quem não sabe, pode ser usado para dar nuances mais adocicadas à fragrância.

Na minha opinião, Carbone é um perfume para ocasiões mais formais ou para ambientes de trabalho mais sérios. Entretanto, também cai muito bem em um jantar a dois, um teatro, algo mais intimista. É sedutor e passa muita elegância. Ainda vou além: tem o tom típico dos perfumes de nicho que muitos homens perdem tempo procurando.

Para aqueles que buscam alguma ideia de comparação, dentro dos perfumes que já conheci até hoje, ouso dizer que ele seria uma junção do Gucci Pour Homme com o Gucci Pour Homme II: seria a saída rascante e forte de um, com a base mais cremosa e elogiada de outro.

Para finalizar, dois aspectos importantes: projeção mediana (não deixa grande rastro, mas pode ser sentido o tempo todo) e fixação excelente. Honestamente, não vejo arrependimentos naqueles que comprarem este perfume.


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É jurado e crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, blog especializado em perfumaria.

7 comments on “CARBONE, DE BALMAIN

  1. Vitor Hugo Pombal Sabino

    Ah entendi… muito obrigado Cassiano,e parabéns pelo trabalho

  2. Vitor Hugo Sabino

    Boa noite amigo, já ouvi dizer que segue a linha e se parece muito com Dior Homme Intense…procede?

    • Não procede, a não ser que a versão que está sendo comercializada pela Dior tenha mudado muito. Logo na saída, a diferença é gritante, uma vez que falta a íris, marca registrada da linha Dior Homme.

  3. Luis

    Cassiano, da pra comprar esse no escuro? Já ouvi falar maravilhas dele é queria ter um perfume desta marca então pensei neste. Da pra arriscar compra-lo no escuro?

    • Oi Luis, quando eu comprei o meu, foi às cegas também.
      Li as opiniões, gostei do que li a respeito e arrisquei. Adoro!

      • Luis

        Valeu meu amigo, vou arriscar também. Li que em 2013 ele ficou entre os dez melhores perfumes para os europeus. Obrigado, abraços

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: