shadow

EKOS MAGIA DA FLORESTA, DE NATURA

Perfumart - resenha do perfume Natura - EKOS Magia da Floresta

Dando seguimento ao grande sucesso obtido com Ekos Flor do Luar (2016), que abriu um novo pilar de fragrâncias femininas na linha EKOS, a Natura lançou Ekos Magia da Floresta, em maio de 2018. O conceito foi retratar o cheiro que predomina sob a névoa que paira após as chuvas diárias na floresta amazônica, cenário de tudo que envolve o universo EKOS.

A fragrância combina notas de damasco, pimenta rosa e flor de lótus, no topo; jasmim, peônia e priprioca, no corpo; vetiver, cedro, acorde balsâmico, fava tonka e óleo de copaíba, no fundo.

Ekos Magia da Floresta é, até o presente momento, a mais misteriosa e exótica das fragrâncias já lançadas. Quando se fala de flor de lótus e seu teor aquoso, como aconteceu no material de comunicação deste perfume, durante seu lançamento, a ideia é outra. Na pele, porém, a fragrância não carrega qualquer nuance mais leve ou aquosa. É quente, resinosa e sensual. Por vezes, passa até uma sensação gordurosa.

O damasco é a primeira nota a ser percebida, mas não é muito forte ou frutada. A priprioca domina e, inclusive, consegue se sobrepor à peônia, que é uma nota potente e fresca, normalmente ligada ao cheiro das rosas. O jasmim, por sua vez, está presente e é ele quem confere um efeito saudosista ao perfume. Digo isso porque todas as vezes que uso Magia da Floresta, tenho a impressão de estar usando/vestindo algum perfume dos anos 80.

Mas a melhor parte vem com a evolução, carregada por um acorde balsâmico, que foi obtido através da fava tonka e da baunilha, junto com o óleo essencial de vetiver que, segundo a perfumista Verônica Kato, teve a raiz mais explorada, com seu teor terroso. Aqui, vale uma dica para os mais apaixonados por esta nota: não espere encontrar um vetiver pungente, como aquele que existe na fragrância de Encre Noire, combinado?

Ekos Magia da Floresta não é luminosa e diurna como Ekos Flor da Manhã, nem sensual e de apelo noturno como Ekos Flor do Luar. É uma fragrância amadeirada e sensual, que pode ser usada em diversos momentos e, para melhorar, por ambos os sexos (sim, achei bem compartilhável). Aliás, vou além e ouso dizer que esta é a fragrância que eu gostaria de sentir com bastante Oud, construída em maior concentração e nomeada como Essencial OUD Feminino, ao invés daquela que foi lançada.  

Na minha pele, não parece exalar muito, mas possui duração média de oito horas, o que é ótimo para uma Deo Colônia. E o frasco, com aquela aparência de gotas de resinas, que escorrem e vão engrossando em contato com o ar, sempre que algumas árvores são talhadas para extração, ganhou uma coloração ainda mais especial, que vai ao encontro da minha opinião. Vale conhecer!


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

2 comments on “EKOS MAGIA DA FLORESTA, DE NATURA

  1. Sergio

    Interessante o aspecto morno que a fragrância exala. Um tom sensual na medida certa, sem escândalos nem timidez.
    Excelente resenha. (Mais uma vez, não é, fera?)
    Abração!

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »