shadow

IN LOVE, DE EUDORA

Perfumart - resenha do perfume Eudora - In Love

In Love e For Life, respectivamente a fragrância feminina e a masculina, foram as apostas da Eudora para o mês de junho de 2020, quando se comemora o Dia dos Namorados. O conceito de parceria foi transmitido, visualmente, nos frascos dos perfumes, em cores e texturas distintas que se complementam.

In Love apresenta uma fragrância classificada como floral, cuja subfamília também é floral. Possui notas de mandarina, lichia, bergamota e folhas de framboesa, na saída. No corpo, traz um buquê floral de muguet, jasmim Sambac, peônia branca, gardênia e o acorde exclusivo da casa, conhecido como Segredo de Eudora. Por fim, a base revela notas de sândalo, baunilha, almíscar e patchouli.

Na pele, a fragrância de In Love me agrada. É elegante e de evolução cremosa, na qual a nota de gardênia mostra o seu valor. Mas será mais fácil imaginar seu cheiro, enquanto você lê esta análise, se eu te disser que In Love se comporta como um floral-frutal.

A explosão inicial é alegre e cheia de nuances aquáticas e cítricas, trazendo um teor suculento de mandarina e lichia. Agrada e confere versatilidade imediata, o que ajuda na venda rápida. Em pouco tempo, as flores dominam e o jasmim se enamora pela gardênia. Juntos, revelam um lado mais sofisticado, digno de fragrâncias comercialmente mais caras. Dito isso, não acho difícil receber elogios e dúvidas sobre nome, grife e valor da compra.

Já seca e devidamente evoluída, a fragrância de In Love desativa seus motores e fica planando sobre a pele, apenas com a ajuda de fatores como hidratação, temperatura e química de sua usuária. Por isso, existem críticas com relação à sua fixação.

Por aqui, a durabilidade não foi um problema. Todavia, a perda de potência parece ser senso comum e a fragrância de In Love tende a ficar bastante discreta com o passar do tempo. Para algumas usuárias, razão suficiente para virar assinatura; para outras, a morte!

In Love não é um perfume inovador. Muito pelo contrário, faz lembrar inúmeros outros. Eu, por exemplo, me peguei pensando no famoso 212 (Carolina Herrera) por diversas vezes, quando ambos estão no auge do seu desabrochar floral.

De toda forma, In Love me parece o tipo de perfume floral que não incomoda, nem mesmo as mais jovens, pois a saída frutal ajuda a criar um efeito atemporal e gracioso. Vale experimentar, especialmente, quando em promoção.


 

The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!