shadow

INIEZIONE DI MORFINA, DE PECCATO ORIGINALE (2013)

Perfumart - resenha do perfume Peccato Originale - Iniezione di MorfinaO perfume Iniezione di Morfina foi lançado em 2013 e seu nome significa, em Português, “Injeção de Morfina”. Passou por uma reformulação e, por esta razão, ainda faz parte da coleção atual de perfumes produzidos pela Peccato Originale.

Como eu tive acesso às duas versões produzidas, esta resenha irá revelar as minhas impressões sobre a versão original, de 2013. Posteriormente, irei publicar outra resenha, comentando sobre a versão atual, que foi reformulada em 2015.

A inspiração de Silvia Monti ao criar este perfume foi o laúdano, um medicamento desenvolvido por Paracelso, com base no açafrão, vinho branco, canela, cravo e ópio. Essa tintura possui efeito sedativo e, por isso, era muito utilizada para acalmar dores diversas.

Paracelso foi um médico e alquimista, que também se denominava físico, astrólogo e ocultista. Nasceu na Suíça e foi educado por seu pai, que também era alquimista e médico. Foi muito famoso e dizem que foi ele quem deu nome ao elemento Zinco.

Esta versão original de Iniezione di Morfina contém notas de flor de limão, algas marinhas e musgo de carvalho, no topo, abrindo espaço para notas de gálbano, lavanda, pimenta preta e cravo, no coração, seguidas por uma base de patchouli, baunilha e sândalo.

Na pele, a abertura musgosa se funde ao corpo denso e amargo, cheio de nuances de cravo e gálbano, que é suavizado, de forma constante, pela lavanda. A baunilha, aqui muito sedosa, se junta ao patchouli e confere nuances achocolatadas, que me fizeram lembrar, em alguns instantes, do inebriante perfume do clássico Pour Un Homme, de Caron, bem como de algumas facetas do inusitado Violet Chocolatier, de PK Perfumes.

Iniezione di Morfina é uma fragrância deliciosa e diferente. Entretanto, não se deixe enganar pelo nome, pois não é nada calmante ou sedativa. Muito pelo contrário, é viciante e chamativa!


 

The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!