LANCÔME

Perfumart - logo lancome

A Lancôme foi criada em 1935, mais precisamente em 21 de fevereiro, por Guillaume d’Ornano e seu sócio Armand Petitjean, na França. Embora muitos pensem que começou como uma empresa de cosméticos, foi lançada, originalmente, como uma casa de fragrâncias, oferecendo cinco perfumes que foram expostos na Feira Mundial de Bruxelas, na Bélgica: Tropiques, Tendres Nuits, Kypre, Bocage e Conquete. 

O nome foi inspirado na floresta de Lancosme, que fica no vale do Indre, no coração da França, na região de La Brenne. Lá estão as ruínas do Le Château de Lancosme. O nome foi escolhido pela esposa de Guillaume, Elisabeth d’Ornano e as rosas, que se espalham pelo lugar, inspiraram o símbolo da empresa.

Em 1936, a empresa ingressou no mercado de cosméticos e lançou o creme Nutrix. Pouco tempo depois, foi a vez do seu primeiro batom: Rose de France. Era o começo de uma marca que viria a conquistar o mundo.

Em 1950, os produtos da marca foram introduzidos no mercado Norte-americano e cerca de cinco anos mais tarde já estavam disponíveis em 98 países, ao redor do mundo.

Em 1964, a Lancôme foi comprada pela gigante L’Oréal, se tornando parte da sua divisão de luxo. A partir desta fase, introduziu no mercado uma enorme variedade de produtos de alta qualidade, conquistando lugar de destaque nas prateleiras e lojas do ramo.

Nos anos 90, a empresa começou a despontar nas lojas brasileiras. Em 1995, se tornou a primeira marca do segmento cosmético a criar produtos com tecnologia de nanocápsulas.

A Lancôme também ficou famosa por ter sido a primeira empresa do ramo a fechar um contrato milionário de exclusividade com uma celebridade. A escolhida foi Isabela Rossellini, que emprestou seu rosto para as principais campanhas, funcionando como uma embaixadora da marca.

Com relação às fragrâncias, a Lancôme possui mais de 120 itens catalogados, sendo alguns deles verdadeiros sucessos mundiais de vendas, como Poême, Trésor e La Vie Est Belle. Seus perfumes são criados por perfumistas de renome na indústria, como Christine Nagel, Jacques Cavallier, Christophe Raynaud, Annick Menardo, Nathalie Lorson, Dominique Ropion, Fabrice Pellegrin, Maurice Roucel, Olivier Polge, Olivier Cresp, entre outros.

Aviso legal: Marcas e logotipos pertencem às empresas e fabricantes e são usados aqui, exclusivamente, para fins de ilustração aos leitores.

 
LA VIE EST BELLE EDP
LA VIE EST BELLE EDT
Ô DE L’ORANGERIE

 

FACEBOOK >>

Twitter >>

Instagram >>