shadow

MISS FLORALE, DE EUDORA

Perfumart - resenha do perfume Eudora - Miss Florale

O perfume Miss Florale foi a aposta da Eudora para o final do ano de 2020. O conceito abordou as flores como símbolo de otimismo e a valorização do autocuidado feminino. Pensando nisso, o lançamento trouxe não apenas o perfume, mas também um creme para as mãos, sabonetes em barra e uma loção corporal, conforme mostrei aqui.

A fragrância de Miss Florale é classificada, pela fabricante, como floral-adocicada. Possui notas de bergamota, maçã, nectarina e mandarina, na saída. Então, o coração traz notas de jasmim, peônia e pimenta rosa, enquanto a base revela notas de cedro, almíscar, fava tonka, patchouli, sândalo e pralinê.

Para mim, Miss Florale é um perfume floral-gourmand, que começa bem e termina mal. A saída é deliciosa, frutada, jovial e garante aquela venda rápida, na loja. Tem muita maçã e mandarina, uma certa suculência sem muito dulçor, enfim, tudo redondinho.

Na minha pele, entretanto, essa saída se esvai em cerca de 15 minutos e o lado floral tenta emergir. E, normalmente, notas de jasmim e peônia não costumam dar errado. O problema é que as notas de base se antecipam demais no processo. E isso significa que a cremosidade do sândalo aliada ao acorde mais gourmand, do pralinê, atropelam a evolução e trazem um cheiro abaunilhado, que abafa as flores e confere um aroma sintético e medicinal, que me faz lembrar aqueles sorvetes de máquina de baixa qualidade (que entram xarope e saem sorvete) ou marshmallows rosados, com cheirinho de morango ou framboesa.

Depois de mais de uma hora da aplicação, a fragrância de Miss Florale fica suave e parece um hidratante corporal, com cheiro bem característico. A essa altura já não exala mais e isso só reforça a minha decepção.

Visualmente falando, Miss Florale foi lançado no mesmo frasco dos perfumes Velvet Cristal (2016), Divine Lace (2018), Charm Cetim e Belle Lã (ambos de 2019).

Esta resenha vem encerrar um período dedicado, inteiramente, às fragrâncias da Eudora presentes no acervo para serem avaliadas. E depois de gratas surpresas, acho que minha decepção se dá por conta de um denominador comum: o Segredo de Eudora. Já é sabido que tal acorde exclusivo está sempre presente nas composições da empresa, pois traz um combo de âmbar e almíscar que confere um teor sensual e ajuda a prolongar a duração das fragrâncias.

O problema, no entanto, é que já faz algum tempo que vejo/leio comentários dizendo que “todas as fragrâncias da Eudora são adocicadas”, “todas as fragrâncias da Eudora têm a mesma secagem”, etc. E isso não é uma completa mentira!

Particularmente, sou fã dos perfumes da marca e acho que, em sua maioria, possuem excelente relação custo-benefício. Porém, se não mudarem o estilo floral-oriental-docinho e resolverem arriscar em criações mais frescas, cítricas, luminosas e de personalidade própria, vai chegar um momento em que o consumidor irá ter dificuldade na hora da escolha.


 

The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: