shadow

OMUMGORWA WALNUT NIGHT, DE NADIA Z

Perfumart - resenha do perfume Nadia Z - Omumgorwa Walnut Night

A fragrância de Omumgorwa Walnut foi criada em 2015 em duas versões, porém, desta vez, elas não foram separadas por gêneros, mas por ocasiões de uso: uma para o dia (Day) e outra para a noite (Night). Ambas foram concebidas como unissex e fazem parte da coleção Ecosystems – Sahara & Arabia Deserts e retratam o espírito nômade daqueles que começam o dia em um local e terminam em outro.

O conceito criativo tenta retratar as festividades dos palácios espalhados pelo deserto da Arábia, as inúmeras especiarias, os incensos, as danças e um nascer do sol de tirar o fôlego.

Assim como nos demais duos criados pela perfumista, a fragrância de Omumgorwa Walnut Night é muito similar à da versão diurna e possui notas de resinas raras da Namíbia (Omumgorwa e Omumbiri) acorde floral de lírio, frangipani e Champaca, madeiras nobres, especiarias e óleos indígenas de Ximenia e Sapote.

Para quem desconhece alguns desses ingredientes, deixo aqui breves explicações: a Omumgorwa é uma resina que só se forma depois que uma espécie de árvore morre naturalmente. Tem cheiro de tâmaras maduras e tende a ganhar nuances de caramelo, com o passar dos anos; a Omumbiri é única do local e seu cheiro parece o da mirra, mas possui um frescor terroso e cítrico e não há nada similar no mercado; a Champaca é um tipo de magnólia, porém mais rara e com perfume mais forte; a Ximenia é conhecida como ameixa azeda africana e seu óleo tem consistência de mel e ajuda a prolongar a duração do perfume; e o Sapote (também conhecido como Mamey) é um fruto muito utilizado para fabricação de marmeladas e seu óleo é obtido da semente prensada.

Olhando mais de perto, dá para perceber que saiu a nota do ambrette (obtida do hibisco) e entrou a nota de frangipani. O café também não faz mais parte da composição e isso, por incrível que pareça, mudou bastante a forma como o perfume evolui na pele.

Como resultado, Omumgorwa Walnut Night ficou mais gourmand, com maior realce do acorde floral e nuances mais caramelizadas. A saída ficou menos seca e polvorosa, ganhando um aspecto mais amendoado. Também sinto menos evolução mas, em contrapartida, a cremosidade e a doçura, agora mais realçadas, acabaram por trazer maior projeção e durabilidade: mais de oito horas na minha pele, em uso noturno (conforme o indicado).

Analisando as fragrâncias como um par, elas se comunicam de forma exemplar: o DNA foi respeitado e ambas contam suas histórias de forma independente, ao mesmo tempo em que revelam, com clareza, a personalidade única de seu usuário. Trocando em miúdos, é um daqueles casos em que o perfume fala muito sobre quem é você. Adorei conhecer!

*imagem: reprodução / nadiaz.ch


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »