shadow

TOKYO, DE GALLIVANT

Perfumart - resenha do perfume Gallivant - Tokyo

A fragrância de Tokyo retrata, através de seu conceito criativo, a arte japonesa de apreciar o incenso, conhecida como Kōdō. Ela é uma das três artes clássicas japonesas de grande refinamento, embora seja uma atividade praticamente desconhecida no Japão, nos dias de hoje.

De acordo com Nick Steward, Diretor-criativo da empresa: “A umidade da terra nos vasos de plantas fora dos santuários e templos de madeira…tudo é refinado, espiritual – sândalo e fumaça de incenso – uma elegância calma em meio à grande energia da cidade de neon”.

Tokyo possui notas de yuzu, bergamota, pimenta preta e cardamomo, além de uma pitada de wasabi, no topo da composição. Em seguida, o corpo da fragrância traz o amadeirado das notas de hinoki e cedro, além de raiz de íris, noz-moscada, rosa e incenso, sobre uma base de âmbar, sândalo, patchouli e vetiver.

Na pele, Tokyo nos mostra um lado completamente diferente daquele que estamos acostumados quando pensamos em fragrâncias de origem japonesa e cheias de teor cítrico. É indispensável entender o conceito desta criação a fim de aproveitarmos cada nuance desta cerimônia do incenso, criada pelo jovem e talentoso perfumista Nicolas Bonneville. Isso porque Tokyo é, praticamente, um perfume incensado, do início ao fim.

Para entender Tokyo, é preciso imaginar o incenso queimando sobre a brasa, como se esta fosse feita com as notas de base, sempre quentes. Agora, imagine algumas pitadas de pimenta sendo salpicadas junto com sementes de cardamomo e uma pasta amarga de wasabi, que faz um som baixo, enquanto derrete. Para manter a fumaça mais forte durante a cerimônia, lascas de hinoki (cipreste de origem japonesa e de aroma amadeirado e limonesco) são adicionadas, reforçando um cheiro refrescante no ar. As preces ganham força, enquanto gotas de óleo essencial de rosas caem sobre as brasas. Por fim, uma cremosidade surge, enquanto a fumaça se dissipa no ar e o vermelho flamejante dá lugar às cinzas brancas.

Em termos de projeção, a fragrância de Tokyo não é tão explosiva quanto Tel Aviv ou London, mas exala sem parar e sem incomodar outras pessoas ao redor. Não evolui muito, mas possui boa fixação. Para encerrar, acredito que irá agradar mais ao público masculino do que ao feminino, mas é um daqueles itens indispensáveis para quem curte perfumes incensados.

*imagem: reprodução / www.gallivant-perfumes.com


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

One comment on “TOKYO, DE GALLIVANT

  1. FABIANO RIBEIRO DE SOUZA CARVALHO

    Fiquei muito apaixonado por essa fragrância, obrigado Perfumart por apresentar mais uma obra lindíssima!

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »