shadow

VERTICAL, DE BARON BISHOP PARFUMS

Perfumart - resenha do perfume Baron Bishop - VerticalVertical é uma das cinco fragrâncias de lançamento da marca Baron Bishop, criada em 2021. O conceito por trás da fragrância fala do Bosco Verticale (Floresta Vertical, em português), que vem a ser um par de torres residenciais no distrito de Porta Nuova, em Milão. Foi considerado um dos maiores projetos de requalificação da Europa, graças ao seu estilo futurista, e hoje abriga mais de 900 árvores.

A fragrância de Vertical é classificada como cítrica, foi criada por Fabrice Pellegrin e combina notas de limão e bergamota, no topo; Petitgrain e sálvia, no corpo; Patchouli e musgo de carvalho, no fundo.

Vale lembrar que perfumes comercializados com base em óleo (assim como os sólidos, com base em ceras vegetais) tendem a funcionar de forma bastante distinta na pele, quando comparados aos que são diluídos em água e álcool.

Vertical toca a pele com uma deliciosa explosão de citrinos, nenhum teor do óleo de Cártamo utilizado como base e aquele estilo único das fragrâncias italianas que exploram a melhor bergamota da perfumaria, que vem da região da Calábria.

E se fragrância tem cor, então a de Vertical é, definitivamente, verde. Mesmo com um combo de efeito tão ácido como este, a saída traz suculência e, por incrível que pareça, pouco teor azedo. Como se não bastassem o limão e a bergamota, o petitgrain ainda veio para reforçar o DNA típico das colônias Italianas (e algumas mais clássicas, de origem Alemã).

A sálvia traz um lado mais aromático e, ouso dizer, levemente apimentado, enquanto a secagem ganha dimensões mais tradicionais, reminiscentes do musgo. A base oleosa retém, por mais tempo, as nuances mais voláteis. E o resultado surpreende pela qualidade fantasiada de simplicidade.

O que temos, como produto final, é uma fragrância leve, fresca e parecida com inúmeras outras do mercado mundial – inclusive as vendidas como Eau de Cologne. Porém, sinto um toque diferente, que me faz acreditar que houve um processo maior de purificação dos ingredientes, durante a extração.

No final das contas, Vertical é um tributo à perfumaria italiana, que conquistou seu espaço de destaque junto às grandes grifes francesas, graças ao universo de Acqua di Parma, e continua surpreendendo com belas criações para marcas da Perfumaria de Nicho, como Nobile 1942, Tiziana Terenzi, Etro e agora, Baron Bishop Parfums.


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *