shadow

LÓTUS DA TAILÂNDIA, DE MAHOGANY

Perfumart - resenha do perfume Mahogany - Lótus TailândiaInspirada na Tailândia, com seus templos e palácios repletos de belíssimas flores de lótus, que enfeitam seus jardins, a Mahogany lançou esta fragrância frutal-floral, que cai muito bem para o nosso clima tropical.

Lótus da Tailândia traz notas de carambola, pera e abacaxi, na saída; jasmim, pêssego e orquídea branca, no coração; enquanto a base combina sândalo, almíscar e baunilha. Ao tocar a pele, o resultado é um chicletinho, daqueles de aroma azedinho-doce e de nuances bastante frutadas. É um doce inocente, daqueles que não incomodam e não enjoam os mais sensíveis ao redor. Então, cerca de 30 minutos após a sua aplicação, o corpo floral começa a surgir e, embora eu não tenha sentido nada do jasmim, o pêssego e a orquídea estão muito presentes. Acho que faltou um detalhe que faria toda a diferença nessa parte da evolução: notas de flor de lótus, para tornar o conceito ainda mais coerente. Então, horas depois de aplicado, o tom frutal fica bem mais calmo e a baunilha e o almíscar surgem, com muita sensualidade.

Gostei bastante e ouso dizer que Lótus da Tailândia pode ser usado, inclusive, pelas adolescentes que adoram usar os perfumes da mamãe de maneira furtiva. Possui projeção e fixação muito boas. Mas espero, sinceramente, que a Mahogany elabore um frasco mais moderno, pois é sabido que um dos quesitos de maior apelo para os(as) amantes de bons perfumes, ainda é a beleza de seus frascos. E aqui, parece que paramos nos anos 80.

Pelo menos, a pintura da caixa é belíssima, trazendo uma das obras da artista plástica Simone Campos.


 

The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!