shadow

ZINO, DE DAVIDOFF 

Perfumart - resenha do perfume Davidoff - zinoEu sempre fui apaixonado por um perfume nacional chamado Vezzo, da L’acqua di Fiori. Para mim, ainda está dentro da lista dos melhores perfumes nacionais já vendidos, embora há quem diga que já não é mais o mesmo perfume de outrora. Então, perguntando para amigos que conheciam o mundo da perfumaria há mais tempo do que eu, descobri que o Vezzo havia sido inspirado nesta obra-prima de Davidoff, chamada Zino.

O mais intrigante na fragrância deste perfume é a simplicidade de suas notas. Quem conhece um pouco de perfumes e sente esta criação, é capaz de listar mais de vinte ingredientes diferentes na sua composição, variando entre o couro, camurça, tabaco, madeiras exóticas, resinas, etc. Mas não tem nada disso!

Ele é, basicamente, o resultado de um belíssimo mix de lavanda + jacarandá + jasmim + gerânio + sândalo + fava tonka + patchouli e baunilha. Isso significa um cheiro que é, predominantemente, amadeirado-floral, projetando por metros e que, durante toda a sua evolução, carrega o toque da baunilha ao fundo, mantendo-o com uma certa cremosidade, porém sem ser doce.

É um perfume forte, complexo e linear. Como eu citei antes, uma obra-prima!


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

4 comments on “ZINO, DE DAVIDOFF 

  1. Will

    Então, Cassiano… Já que vc é apaixonado pelo Vezzo, cadê a L’acqua di Fiori na sua base de dados? Queremos ver resenhas dos perfumes da marca aqui no site!

    • Opa Will, tudo bem?
      Você está certo. Eu fui apaixonado pelo Vezzo e na época em que o conheci, por volta de 1998 (se não me engano) e durante vários anos em que usei esta fragrância, era o melhor perfume do mercado nacional, sem dúvidas (na minha opinião). Além dele, só me recordo de ter usado o Ladro, que tb era muito bom. Agora, para a L’Acqua di Fiori aparecer na base de resenhas do blog, ela precisa ter interesse para tal, já que eu não tenho mais nada da casa em meu acervo pessoal e as empresas brasileiras precisam aprender a investir em mídia especializada com o mesmo empenho que as internacionais costumam fazer. O espaço, eu ofereço. O investimento, tem que partir delas!

  2. Boa noite Cassiano. Adiquiri recentemente este perfume, através, do site fragrancenet, por $18 (125ml). Pelas resenhas e comentários e por me familiarizar com as notas olfativas, fiquei curioso e interessado. Muitos dizem, que esta versão que está na foto e é a mesma que comprei, “foi reformulada”. Acredito que a versão original nem se comercializa mais. E algumas resenhas que eu vi, foi desta versão “reformulada”. Porém, em mim, sinto o perfume muito fraco em todos os quesitos; e meu pai falou que o aroma é muito ruim. Achei estranho, pois, 80% dos comentários e resenha que eu li, sobre ele, foram o inverso. fica o registro.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »