shadow

A Perfumaria de Nicho não é um bicho de sete cabeças.

Post Perfumaria de nicho - testada com logo

Já faz um certo tempo que a gente ouve falar na tal Perfumaria de Nicho. Basta entrar nas redes sociais, seguir um novo perfil no youtube ou abrir alguma publicação em mídias que tratam do mercado de beleza, para nos depararmos com fotos de frascos diferentes e marcas com nomes ainda mais estranhos, vindas de lugares como Emirados Árabes, Tailândia, Rússia, Nova Zelândia, etc.

A verdade é que esse movimento continua em larga expansão e pensar em perfumaria, no âmbito mundial, mas continuar acreditando que bons perfumes são fabricados somente na França, é um grande engano.

De toda forma, você continua vendo as pessoas falarem sobre perfumes de nicho, você assiste a vídeos de resenhas, você lê posts, mas as únicas coisas em comum, sempre repetidas, são: “perfumes de nicho são criados com um único motivo: serem mais exclusivos” ou então: “são perfumes feitos para serem mais diferentes”.

E aí, será que é só isso? Bem, neste post vou tentar ampliar um pouco mais seus horizontes e mudar a sua visão sobre o assunto, lhe dando um pouco mais de esclarecimentos sobre algo que é muito grande para ser reduzido da forma como vem sendo, gerando uma certa “ignorância” pela falta de pesquisa, estudo e, sobretudo, falta de vontade em explicar algo que não se pode reduzir: um conceito.

Perfumart - January post perfumaria de nicho
Vaporocindro, da January Scent Project (clique para saber mais).

 

Tudo que você sempre quis saber sobre a Perfumaria de Nicho e ninguém soube te explicar. 

Faz tempo que venho falando no blog sobre Perfumaria de Nicho. Modéstia à parte, tenho orgulho de dizer que apresentei aos entusiastas brasileiros muitas marcas desse segmento, antes mesmo de qualquer comentário sobre nicho ter sido feito por influenciadores e/ou entendidos na área, inclusive por aqueles que já publicaram livros ou artigos sobre o assunto. Ainda assim, se você pesquisar na lupa pelos termos “perfumaria de nicho”, irá encontrar dezenas de páginas tratando do assunto (confesso que algumas fragrâncias enviadas ainda nem foram testadas para fins de resenha).

Se voltarmos um pouco no tempo, há cerca de cinco anos atrás, me parece que ninguém acreditava muito no interesse crescente do usuário brasileiro por esses tipos de produtos, até mesmo porque costumam ser mais caros e possuem distribuição muito mais limitada, sem falar nas propostas conceituais que carregam.

Mas o mercado brasileiro é visto com muito gosto pelos fabricantes de cosméticos e perfumaria, já que o Brasil nunca sai das posições mais altas no ranking dos países que mais consomem tais itens. E, obviamente, aquele consumidor que adora perfumes e está cansado da mesmice (além da exposição globalizada das redes sociais) iria se render às novidades da indústria, mais cedo ou mais tarde.

Perfumart - Le Jardin post perfumaria de nicho
Citron Boboli, da Le Jardin Retrouvé (clique para saber mais).

 

Diferenças básicas

Há muita confusão quando o assunto é perfume de nicho. Normalmente, a frase mais repetida é: se não é nicho, é designer”. Temos, então, mais uma afirmação generalizada, que só tende a aumentar o desconhecimento. Ao invés de ajudar, acaba se tornando um verdadeiro desserviço.

Quando criei o blog, deixei uma página fixa para consulta, que traça uma espécie de comparativo entre os diversos segmentos. É importante começarmos a tratar o que não é Perfumaria de Nicho como perfumaria voltada para o mercado de massa, pois, é nesse segundo grupo que se enquadram as grifes mais famosas, normalmente chamadas de “designers” de forma errônea, já que nesse imenso leque de opções nós iremos encontrar grifes oriundas do mercado de carros, de cristais, de cosméticos, de joalherias, de celebridades, etc.

Outro erro comum, voltando àquela afirmação sobre exclusividade, é acreditar que ela só existe na Perfumaria de Nicho. E as coleções exclusivas de grifes como Carolina Herrera, Chanel, Dior, Ferrari, etc.? Seriam elas perfumes de nicho também? Não. Uma grife estabelecida/criada em um determinado segmento, como o mercado da moda, não deixa de ser “designer” para se tornar “nicho” por causa de uma linha de fragrâncias mais exclusivas. Esse é um exemplo claro de concorrência comercial, segregação do público interno e segmentação da grife.

Então, qual é o diferencial da Perfumaria de Nicho? Bem, basicamente, esse segmento surgiu através de um manifesto de perfumistas, há cerca de 50 anos atrás, ao se colocarem contra as questões comerciais que, inclusive, direcionavam o talento criativo e o valor gasto com matérias-primas, em detrimento de um rosto famoso (e milionário) para a campanha. Na teoria, a perfumaria de nicho possui 3 pilares principais, que são:

  • O perfumista no centro de tudo;
  • Investimento em matérias-primas mais nobres;
  • Pouco (ou nenhum) investimento em publicidade.

A partir do momento em que essa divisão ocorreu no mercado, várias empresas de renome se identificaram com a causa (até mesmo porque muitas delas sempre trabalharam de forma independente) e passaram a se classificar como marca de nicho. Mas não se deixe enganar: não é porque uma empresa antiga, como a Creed (fundada em 1760), se posiciona como parte desse segmento hoje, que ela já era, necessariamente, uma grife de perfumes de nicho no ano de sua fundação.

A Perfumaria de Nicho também costuma carregar conceitos fortes em sua linha criativa. A Olfactive Studio fala da arte da fotografia e suas interpretações; a Bond No 9 enaltece o estilo de vida e os bairros de Nova Iorque; a Escentric Molecules retrata o uso de moléculas sintéticas na indústria, etc. 

Perfumart - OLfactive post perfumaria de nicho
Meu acervo de perfumes da casa Olfactive Studio (clique para saber mais).

 

Perfumaria de nicho no Brasil

Nos últimos anos, com o aumento da busca por perfumes desse tipo, novas marcas foram surgindo no mercado brasileiro, sob a denominação de Perfumaria de Nicho. Mas há uma pequena diferença na maneira como devemos enxergá-las, já que elas fazem parte, na verdade, de uma subcategoria dentro do ramo de nicho, conhecida como Perfumaria Indie (independente).

De forma resumida, seriam aquelas marcas criadas por perfumistas amadores, que se identificam com a raiz da Perfumaria de Nicho, investindo na criação de uma linha própria de fragrâncias e seguindo uma vertente mais artística do que comercial. Mas há uma diferença grande entre elas: uma possui recursos mais limitados, lotes de fabricação pequenos e quer se tornar conhecida; a outra possui recursos financeiros e industriais quase ilimitados e seus profissionais já possuem nome estabelecido no mercado.

Perfumart - condé post perfumaria de nicho
Discovery Set, da Condé Parfum (clique para saber mais).

Para encerrar, se você ainda ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, basta assistir a este vídeo abaixo. Ele é bem longo (possui duração de quase uma hora), mas você pode pausar e continuar assistindo mais tarde. 

*Textos e imagens: Perfumart


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

6 comments on “A Perfumaria de Nicho não é um bicho de sete cabeças.

  1. FLAVIO

    Ola tudo bem?

    Gostaria de saber se posso compartilhar seus artigos , mensionando a fonte é claro, no face ou em um site/blog?

  2. Adolfo navarro

    Olá Cassiano, é um prazer falar com vc. Gostaria de pedir uma opinião sobre perfumes formais aromaticos e extremamente elegantes..pode sugerir alguns para mim…desde já obrigado e abraço!

    • Olá Adolfo. Não costumo fazer indicação de perfumes sem conhecer o cliente. Por isso realizo Consultoria. Já pensou em fazer?

  3. ELIZABETH DOS REIS PASSOS

    Oi Cassiano, finalmente uma bela explanação do que é um perfume de nicho. Realmente o q se fala na net é apenas e tão somente que se trata de perfumes raros, diferentes, caríssimos e para poucos mortais, apaixonados por bons perfumes! E na vdd não se resume à isso! Bacana! Acredito q foi muito esclarecedor pra muitos aficcionados pela perfumaria, assim como eu. Adorei!

    • Olá Elizabeth!
      Felizmente, esse é o retorno que tenho obtido desde a publicação do vídeo e agora com esse post. Fico muito feliz com mais essa conquista e o seu feedback!

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »