shadow

CANTARIDE (PENNELLATURE), DE PECCATO ORIGINALE

Perfumart - resenha do perfume Peccato Originale - CantarideCantaride: o nome deste perfume vem da Cantárida, um medicamento que era muito utilizado na medicina europeia e, também, em algumas bebidas, por causa de seus fatores diuréticos e afrodisíacos. Ainda hoje, embora tóxico, continua sendo usado em afrodisíacos e remédios para remoção de verrugas. É obtido da Cantaridina que, por sua vez, é conseguido através da mosca-espanhola (também chamada de Cantárida – Lytta Vesicatoria).

Tem tudo a ver com o conceito criativo da empresa e traz a contradição entre o afrodisíaco e o venenoso. Na sua composição constam notas de sementes de Angélica e caviar, no topo; benjoim e couro claro, no corpo; baunilha, patchouli e almíscar, na base.

Na pele, contudo, o perfume gira em torno da baunilha e das nuances do benjoim. Há um toque de couro aqui, uma nuance achocolatada de patchouli acolá, mas nada muito evidente. Cantaride é adociado e cremoso, cheio da sensualidade e do aspecto elegante que são peculiares à baunilha.

É perfeitamente unissex, mas não é o tipo de fragrância indicada para climas mais quentes, pois pode se tornar enjoativo. No frio, porém, funciona muito bem!

No nome, há uma palavra (entre parênteses) que diz: pennellature, do Italiano. A tradução significa pinceladas (ou traçados de pincel). Não encontrei referências oficiais, mas acredito que deva ter alguma relação com o método como era aplicado o medicamento, no passado.

Cantaride é bastante linear, possui projeção mediana e alta durabilidade na pele. Uma bela fragrância para os amantes de composições ricas em baunilha.


The following two tabs change content below.
Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!