shadow

GUERLAIN HOMME, DE GUERLAIN 

Perfumart - resenha do perfume Guerlain - HommeUm dos perfumes mais comentados de 2012, ter um frasco se tornou quase uma obrigação para mim. E foi, numa compra às cegas, que este perfume chegou à minha coleção. Obviamente, como fã dos perfumes Guerlain, não me custou muito acreditar na qualidade do que estava por vir. E, justamente por conta disso, surge a minha parcela de descontentamento.

Trata-se de um aroma muito agradável, uma junção entre o tradicional e o moderno, um vetiver tradicional e forte que, aliado às notas de lima, bergamota, cedro e menta, fazem deste perfume uma excelente escolha para qualquer momento, principalmente, em dias de calor. Para melhorar, a nota de mojito é fantástica, dando um tom mais alcoólico e especial ao aroma. O gerânio está lá, fazendo o seu papel floral, enquanto a nota de rum foi a que eu menos senti evoluindo na minha pele.

Então, porque o descontentamento? Bem, talvez eu tenha criado uma expectativa de que todo este aroma delicioso poderia vir revestido pela fabulosa Guerlinade e, então, teríamos uma obra prima, no melhor estilo cítrico-atalcado de Habit Rouge. Mas não foi o que aconteceu e, infelizmente, o resultado (na minha pele) foi um perfume maravilhoso, com uma fixação até boa (cerca de seis horas), mas de péssima projeção. Parece até piada, mas é um Guerlain que requer reaplicação para ser notado!


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: