shadow

ORIENT EXPRESS, DE LES FLEURS DU GOLFE

Perfumart - resenha do perfume Les Fleurs Du Golfe - Orient ExpressOrient Express (Expresso do Oriente, em Português) foi lançado em 2019 e vai contra toda a expectativa que seu nome foi capaz de criar. Enquanto eu esperava por uma fragrância quente, árida e rica em especiarias, me deparei com uma criação frutal-floral e com nuances de madeiras.

Orient Express é mais um daqueles raros perfumes que são diferentes de tudo que já experimentei até hoje. Sua fragrância combina notas de cerejas e lichia, no topo; Alecrim e jasmim Sambac, no corpo; Patchouli, baunilha e cedro, na base. E, de imediato, eu posso garantir: é muito potente!

Ao tocar a pele, a lichia trava um belo duelo com as cerejas, embora estas tenham o costume de dominar qualquer acorde do qual façam parte. E o cheiro se confunde com a sensação, em um estado sinestésico, e o que sobra é um efeito de fruta com polpa carnuda (e levemente gosmenta), como a jaca, a pitomba, o rambutão e, neste caso, a própria lichia.

A saída não é fácil de agradar. Aliás, Orient Express não é um perfume criado para agradar às multidões, mas aqueles que curtem fragrâncias exóticas. Essa experiência frutada inicial se desdobra em algo que – de forma simplista – poderia ser tratado como um “cheiro de chiclete”. Mas o ponto é: de qual sabor?

Então, me peguei pensando que, nem sempre, simplificar é a melhor maneira para descrever uma fragrância. Às vezes, é preciso um vocabulário mais amplo sobre a perfumaria e, ainda assim, pode ser difícil explicar as sensações que surgem com a evolução.

No caso de Orient Express, a saída frutal caminha rumo a um corpo floral adocicado, mais feminino, e cremoso. E a baunilha, que está na base da pirâmide olfativa, emerge com bastante antecipação, se sobrepondo às demais notas. Na minha pele, o patchouli e o cedro só foram aparecer no dia seguinte, quando eu já nem esperava mais sentir a fragrância, que perdura por muito tempo.

Novamente, me pego tentando descrever a fragrância de Orient Express com maior clareza e os pensamentos ficam turvos. Então, depois de muito refletir, acho que encontrei uma maneira: pense em um frozen yogurt sabor lichia, que vai ser coberto for frutas vermelhas e calda de baunilha. Agora, tente imaginar seu sabor e como suas papilas gustativas o interpretam. Acho que é o mais próximo do que você poderá imaginar acerca desta composição.

No final das contas, esse Expresso do Oriente revela mais sobre a viagem e suas guloseimas, do que sobre as paisagens do lado de fora.

*imagem: reprodução / www.lesfleursdugolfe.com


 

The following two tabs change content below.
Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!