shadow

PIRATES, DE BYRON PARFUMS

Perfumart - resenha do perfume Byron - Pirates

O perfume Pirates foi lançado em 2018 e é classificado, pelo fabricante, como um oriental-floral e almiscarado. Foi criado para transmitir o brilho radiante de um buquê de flores brancas, que é iluminado pelos traços luminosos da bergamota e temperado pela vibração sensual do âmbar.

A composição oficial lista notas de cabeça de pera e bergamota, abrindo caminho para um corpo floral de jasmim, ylang-ylang e tuberosa, que evolui para um fundo de patchouli, almíscares brancos e âmbar.

Na pele, Pirates é muito mais complexo do que pode parecer até aqui. Isso acontece porque há uma nuance frutada e semigourmand muito forte, que explode assim que a fragrância é borrifada. A pera é suculenta e doce, fazendo lembrar a saída das fragrâncias da linha Black Opium, de YSL. E essa saída também tem um apelo muito mais feminino, o que pode desagradar aos homens mais sensíveis com relação a cheiros doces.

Mas como eu disse antes, Pirates é complexo e evolui de forma lenta e surpreendente. Como se não bastasse a saída frutada e pungente, o corpo ainda revela aquilo que eu costumo chamar de tríade real dos florais: jasmim, ylang-ylang e tuberosa. Não dá para ficar indiferente a uma fragrância que carrega este combo. Aqui, a tuberosa é muito evidente, trazendo suas nuances mais cremosas e maduras, que se fundem ao cheiro indólico e adocicado do ylang-ylang e conferem aqueles lampejos que fazem a gente lembrar do cheiro de pêssegos e de bananas. Neste estágio, a fragrância é mais leitosa, com um aspecto de loção corporal.

Depois de muito tempo, surge a base, mais viril e equilibrada, trazendo madeiras ambaradas, um patchouli mais terroso e o toque oriental que eu estava esperando. E tudo isso ocorre de forma exuberante, pois Pirates é um perfume para quem gosta de chamar atenção, para quem sente falta das fragrâncias de outrora, longe desse momento atual defendido pelos Millennials, que só parecem gostar de perfumes que ficam rente à pele, sem cor, sem ofender…e sem graça.

Pirates é um perfume destemido, invasivo e duradouro, no qual poucas borrifadas bastam. Não é único em seu estilo ou inovador ao extremo, mas é bem construído e mostra que ainda é possível encontrar qualidade nas mãos de profissionais com um olhar mais artístico, libertador e apaixonado. Essa é a perfumaria que me encanta!

*imagem: reprodução / byron-parfums.fr


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É jurado e crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, blog especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: