shadow

UNGARO POUR L’HOMME III, DE EMANUEL UNGARO 

Perfumart - resenha do perfume UNGARO IIIEste perfume foi uma compra no escuro. Entretanto, não foi sem pensar, porque eu li muitas resenhas e já tinha ouvido muitas opiniões sobre ele, antes de “bater o martelo”.

Ungaro Pour L’Homme III é um perfume complexo, porém, atemporal. Assim que aplicado na pele, confesso que não gosto das notas de saída. Algo me passa a impressão de que o que está por vir não vai me agradar e que fiz uma péssima aquisição. Por quê? Definitivamente, as notas de vodka com lavanda + laranjas + limão + coentro não deram um bom resultado inicial. Isso é algo ruim para aqueles que compram perfume por causa do que sentem na fita olfativa, por exemplo. Mas como bom apreciador, sei esperar o que a fragrância tem a me mostrar.

Pois bem, cerca de dez minutos após aplicado, começa a evoluir e o mais engraçado é que você simplesmente esquece da fragrância que aplicou antes (será que fiquei bêbado por culpa da vodka?). Então, de repente, começo a perceber um cheiro delicioso, de uma elegância e suavidade fora de série. Mas quando eu digo suave, não é pela potência, mas pela maneira como penetra nas narinas sem “queimá-las”. E aí começa a mágica!

Temos, então, a perfeita união de flores (e eu adoro perfumes com jasmim) e madeiras. Sinto um sândalo bem leve, emoldurado pelo patchouli e pelo vetiver. O toque final? Musgo de carvalho e almíscar que, na minha opinião, encabeçados pela lavanda, o definem muito mais como um Fougère-Aromático do que um verde aromático.

Impressão final: Ungaro Pour L’Homme III é um perfume romântico, misterioso e luxuoso. Possui fixação grandiosa, porém com pouca projeção e rastro. O cansaço olfativo ocorre e você pensa que não está mais perfumado, mas ele ainda está lá, exalando perfeitamente. Na minha opinião, é um excelente exemplo de fragrância curinga!!!


The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É jurado e crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, blog especializado em perfumaria.

3 comments on “UNGARO POUR L’HOMME III, DE EMANUEL UNGARO 

  1. Walkiria

    Oi Marcos. Estava verificando o mesmo, uma possível similaridade entre os dois. Li em algum lugar que o yang é inspirado no ungaro III. Mas me parece que o yang é de 91. Este Ungaro é de 93. Só se for outro Ungaro.

  2. Marcos

    Dizem que ele serviu de inspiração ao Yang, célebre perfume da casa O Boticário. Pela sua descrição, porém, me soou diferente. Existem algumas notas semelhantes na pirâmide, mas acredito que sequer o caminho seria igual.
    Você chegou a conhecer o Yang? Saberia dizer algo sobre este (inspiração ou perfume que lembre)?

    Parabéns pelo excelente trabalho.

    Desde já, grato!

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: