shadow

VALENSOLE ROMANCE PARFUM, DE WREN ATELIER

Perfumart - resenha do perfume Wren - Valensole Romance

Valensole Romance Parfum foi lançado em fevereiro de 2021 e é uma criação do perfumista Renato Lopena. Faz parte da coleção de fragrâncias autorais da sua marca independente, a Wren Atelier, fundada em 2020. A inspiração da fragrância (e de seu nome) vem das memórias do perfumista e do seu tempo na França, mais especificamente, das visitas ao Plateau Valensole (Planalto de Valensole), que é aquele famoso local com os maiores campos de lavanda do mundo.

A fragrância é classificada como gourmand e traz notas de topo de manteiga e chocolate, seguidas por notas de lavanda, girassol e mel, no corpo, sobre uma base de cera de abelhas, feno e trigo. E que ótima maneira de homenagear a França e o campo de lavandas, não é mesmo? O forte cheiro da lavanda Provençal, o zumbido das abelhas, os cafés com pães e croissants diversos e, é claro, muita manteiga, como os franceses bem gostam.

Na pele, Valensole Romance é, de fato, um gourmand como há muito não sentia. O mix de manteiga com cristais de sal e chocolate resulta em uma espécie de ganache de chocolate amargo com alto teor de cacau. De cara, noto uma fragrância unissex e opulenta!

A evolução é lenta e requer atenção redobrada para que seja possível perceber as nuances de cereal tostado, sementes terrosas de cenoura e ambrette, que parecem ter sido salpicadas sobre o denso creme de chocolate. O aspecto aromático e fresco que se espera sentir das notas de lavanda e feno é, praticamente, imperceptível. Ele não consegue sobressair ao banho de mel que o perfumista jogou nesta composição e que, para muitos, poderá ser um tanto quanto opressivo.

E já que estou falando do teor de mel na fragrância, também vale citar a nota de cera de abelhas (beeswax) que, vale a pena reforçar, não tem cheiro de mel, mas lembra um melado com nuances de tabaco. Até então, as melhores fragrâncias que conheço com esta nota são as de Serge Lutens e uma da grife Penhaligon’s, chamada The Ruthless Countess Dorothea. Valensole Romance acaba de entrar para a lista!

No final das contas, ter uma fragrância da família gourmand em uma coleção de lançamento, é tão indispensável quanto ter uma chipre, uma floral e uma amadeirada. Mas arriscar com uma composição desse tipo, deixando de lado as famosas notas de baunilha, pralinê, algodão doce ou caramelo, mostra que o perfumista sabe, exatamente, quem é o seu público-alvo e, sobretudo, quem ele quer ter como cliente.

Valensole Romance tem ótima performance, mas não serve para os dias mais quentes do ano. Sua fragrância precisa ser usada com cautela e, mais importante, com carinho. É muito rebuscada para ocasiões do cotidiano, porém apetitosa o suficiente para uma noite de romance, daquelas que merecem terminar com café da manhã servido na cama. E não esqueça dos croissants, hein!?


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *