shadow

AVENTURE, DE L’ARC PARFUMS

Perfumart - resenha do perfume Aventure

O perfume Aventure foi lançado em 2013 e faz parte da The Voyage Collection, que reúne fragrâncias que retratam as viagens olfativas de Maître de Claude, as diversas culturas e seus destinos maravilhosos. O nome completo do produto é Aventure Jasmin de karnak, cujo sobrenome faz homenagem ao Templo de Karnak, no Egito.

O Templo de Karnak é um local dedicado ao deus Amom-Rá e seu nome designa não só o pavilhão principal, mas também tudo o que permanece no enorme complexo de santuários e outros edifícios ao redor (o grande Templo de Amon, outros templos menores, capelas e o grande lago sagrado). Na entrada do local, antes de cruzar o primeiro pilone, existem 40 esfinges com cabeça de carneiro. É o começo da Avenida das Esfinges, que chegava até o Templo de Luxor e até o Rio Nilo.

Aventure traz, como conceito criativo, um passeio pelo Rio Nilo a bordo de uma feluca (embarcação tradicional e ainda muito popular entre os turistas da região) sob o sol quente do Egito e tendo, como inspiração, o famoso jasmim egípcio da região de Gharbiya.

A fragrância de Aventure foi criada pelo perfumista Julien Rasquinet, que já deu vida a fragrâncias de sucesso para marcas como Amouage, Histoires de Parfums, Masque Milano etc. Ela traz bergamota, toranja, pêssego e abacaxi como notas de saída. Em seu corpo, notas de ylang-ylang, rosa, gardênia e jasmim Sambac. No fundo, notas de âmbar, almíscar e patchouli se fundem.

Desde o instante em que toca a pele, Aventure revela uma fragrância floral-frutal de muita presença. Em mim, o pêssego e o abacaxi se destacam com tamanha grandiosidade. As notas cítricas apenas harmonizam os acordes e, ainda assim, há uma explosão inicial de muita projeção.

Em seguida, mas sem muita demora, o corpo floral revela a personalidade marcante da fragrância e ainda que o jasmim seja a flor inspiradora, na minha pele o ylang-ylang fica mais presente e puxa, para o seu lado, toda a elegância da gardênia. Com o passar do tempo, o sândalo traz um efeito de cremosidade e o patchouli confere um certo dulçor.

Aventure Jasmin de Karnak é comercializado como um perfume unissex mas, claramente, possui alma feminina. Não é inovador, pois faz lembrar de dezenas de outros perfumes de sucesso dos anos 80, que já estiveram presentes em todos os guarda-roupas, bem como, em todo os portfólios das marcas mais famosas do mercado mundial de fragrâncias, desde Giorgio Beverly Hills, passando por Elizabeth Taylor e chegando até Givenchy, por exemplo.

E assim como já acontecia há 40 ou 50 anos atrás, poucos eram os homens que tinham coragem de assumir que faziam uso de fragrâncias desse tipo. Mas, assim como os grandes faraós do Egito, que também se banhavam com flores, os verdadeiros apreciadores de fragrâncias não respeitam gêneros na perfumaria, e sim a arte como um todo. E essa é uma das raízes da Perfumaria de Nicho e das criações da L’Arc Parfums.

E eu assumo: não tenho qualquer problema em usar fragrâncias florais ou ditas femininas. Aventure é delicado, ainda que forte, extremamente marcante e feito para quem domina impérios, não para quem segue o Imperador.


 

The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: