shadow

CORDUROY, DE ZIRH

Perfumart - resenha do perfume Zirh - CorduroyQuando o usei pela 1ª vez e li as resenhas na Fragrântica e no Basenotes, vi muita comparação com Bvlgari Black.

Eu, particularmente, não vi nada de Bvlgari Black nele. Ele é um perfume muito discreto, aquela coisa sutil, porém, envolvente. É um perfume pra perfumar a pele e não o ambiente.

Confesso que eu prefiro o que perfuma o ambiente (risos), mas esse Corduroy se sai bem no que promete. Ele deixa uma base cremosa e abaunilhada que fixa muito bem. O problema é que não exala. Depois de umas 2 horas de aplicado, você pensa que não tem mais nada. Mas não se enganem, pois ele esteve presente por mais de 10 horas no meu braço.

Pelo preço, valeu a pena! Mas não acredito que seja um perfume que eu vá repor no futuro, a menos que eu vá me apaixonando cada vez mais que usar!

*imagem: reprodução


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: