shadow

DUEL, DE ANNICK GOUTAL 

Perfumart - resenha do perfume Annick - DUELAmadeirado fresco que possui, na sua saída, um impacto extraordinário ao nariz alheio. De cara, me pareceu um “lugar comum”, um cheiro conhecido.

Após cheirar, repetidas vezes, o meu próprio braço, percebi que o aroma era similar ao de grama molhada, quando esfregada entre as mãos, com um fundo que me lembrou algo do Déclaration, de Cartier.

Este perfume é um dos que cai muito bem no verão brasileiro, porque a sensação de frescor é maravilhosa. Mas é um perfume difícil de ser adquirido em solo nacional, infelizmente.


The following two tabs change content below.
Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!