shadow

EAU TORRIDE FOR WOMEN, DE GIVENCHY 

Perfumart - resenha do perfume Givenchy - Eau TorridePerfume lançado em 2002, permanece desconhecido por muitos, principalmente, no Brasil. É uma fragrância feminina, mas perfeitamente compartilhável, que chega a ser considerada mais masculina do que feminina, por quem já a experimentou.

Contém notas de limão, bergamota, acorde de pêssego e mandarina, na saída. No coração, jasmim Sambac e sabugueiro (sambucus nigra); na base, sândalo e bambu. Quando toca a pele, parece que algo deu errado. Na primeira vez que eu experimentei, pensei que algo no perfume tivesse oxidado. A saída é amarga e azeda, estranha mesmo. Obviamente, isso me faz entender o porquê de ser uma fragrância pouco conhecida, já que o poder de vendas de uma fragrância está diretamente ligado às suas notas de saída, pois são elas que conquistam a maior parte dos consumidores no mundo inteiro, que baseiam as suas escolhas apenas em testes com fitas olfativas. E se a saída não agrada, obviamente, o produto fica encalhado nas prateleiras e nos estoques.

Mas, como fã da casa Givenchy e de seus perfumes, ao invés de correr para lavar a pele, resolvi esperar e ver a evolução. E foi uma ótima decisão!

A fragrância é mesmo uma “água fumegante”, que aquece as narinas, os sentidos e permanece por horas a fio na pele, sem esmorecer. É cítrica e floral, com uma adorável evolução que culmina numa base de aspecto natural, típica de fragrâncias que utilizam notas de bambu.

Um deleite para dias mais quentes que, me desculpem a piada, dá um banho em muito perfume de nicho por aí. O frasco também é interessante, pois parece água caindo de forma natural, sem aquele aspecto aerado das torneiras.


The following two tabs change content below.
Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!