shadow

ENCRE NOIRE, DE LALIQUE

Perfumart - resenha do perfume Lalique - ENCRE NOIRENormalmente, os perfumes da casa Lalique são muito bem elaborados, em todos os sentidos. Encre Noire me deu a sensação de “déjà vu” assim que eu o conheci. Algo nele me lembrou a fragrância de Kenzo Air Intense.

Vasculhando a sua composição, ficou fácil entender o motivo: tudo gira em torno do vetiver, que reina, soberano, no coração da fragrância, encabeçado por cipreste e embasado por notas de almíscar e madeira de caxemira. Aliás, foram utilizados dois tipos de vetiver: do Haiti e de Bourbon. É a prova concreta de que nem todo perfume precisa ser complexo para ser maravilhoso!

Encre Noire agrada facilmente o público masculino, pois é viril, sensual, seco e elegante. Apesar da imponente presença do vetiver, eu acho que a grande sacada deste perfume é a madeixa de caxemira, que o torna confortável e presente, o tempo todo.

O frasco é simples e de linhas retas. Foi inspirado nos frascos Lalique chamados Biches Inkwell. Possui o peso do tinteiro que guarda a tinta escura e densa, esperando para ser atingida pela ponta da pena. E, se cabe uma licença poética, esta “tinta negra” mancha alguns tipos de tecido, portanto, cuidado na hora da aplicação.

Por fim, tanto a projeção quanto a fixação são excelentes. Belíssimo perfume!


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

4 comments on “ENCRE NOIRE, DE LALIQUE

  1. Fabio

    Excelente resumo!
    Tenho e recomendo, é uma opção certeira…
    Abs

  2. SJr

    Ótima resenha. Tenho o perfume e amo a fragrância…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: