shadow

IMPACT, DE TOMMY HILFIGER

Perfumart - resenha do perfume Tommy - Impact EDT

Impact Eau de Toilette foi lançado em 2020 e teve uma estratégia de mercado divida por regiões. Primeiramente, foi distribuída em países da Europa, Oriente Médio e África, em março deste ano. Em seguida, partiu para as Américas e Sudeste Asiático no final de agosto.

A campanha publicitária também não foi única para todos os mercados. O cantor James Bay foi o rosto da campanha global, o cantor alemão Wincent Weiss foi o rosto na Alemanhã, o compositor Carl Brave esteve à frente na Itália, enquanto Sebástian Yatra dominou a campanha no mercado latino.

Impact Eau de Toilette abre um novo pilar de fragrâncias (sob a tutela do grupo Estée Lauder), depois de sucessos como Hilfiger, Freedom e, é claro, Tommy, com seus inúmeros flankers. A inspiração e o conceito – que envolveu músicos – vieram do amor de Tommy pelo universo musical, desde os tempos de Jimmy Hendrix, The Who e Rolling Stones.  

A fragrância de Impact possui uma composição muito rica em termos de ingredientes, embora o que a gente vê divulgado por aí pareça bem minimalista. Na saída, temos maçã, toranja, laranja amarga italiana Orpur®, bergamota italiana integral Orpur®, pimenta rosa Orpur® e folha verde de coca. No corpo, foram combinadas notas de resina de elemi, cipreste francês, sálvia esclareia Orpur® e ládano espanhol Orpur®. No fundo, um combo de madeiras de cedro Orpur®, cedro da Virgínia Orpur®, cedro do Texas Orpur®, além de âmbar, almíscares, sândalo e Akigalawood®.

Antes de mais nada, vamos às explicações relevantes. A nota de Akigalawood® é obtida do patchouli, através de biotecnologia. Com relação à nomenclatura Orpur®, esta indica que o ingrediente faz parte de uma coleção exclusiva de maior qualidade, patenteada pela Givaudan. Essas matérias-primas já foram citadas no blog antes e, com certeza, se tornarão cada vez mais comuns nas minhas resenhas.

O frasco de Impact também me causou boa impressão, com um design moderno, trazendo uma tampa em forma de T (de Tommy) e um compartimento secreto que abriga um pequeno spray com 4 ml de fragrância. Sem dúvida, uma ideia genial e um visual muito superior ao que estávamos acostumados.

Perfumart - resenha do perfume Tommy - Impact EDT detalhe

Impact possui uma fragrância classificada como amadeirada e aromática. Entretanto, na pele, funciona mais como um perfume amadeirado-frutal, com algumas nuances esfumaçadas e estilo versátil. A saída é bastante agradável e faz a venda do produto por si só. Há muita presença da laranja, a maçã não passa despercebida (embora pouco divulgada) e os citrinos trazem um banho de suculência. Mas não pense em um cheiro cítrico de cor verde. Aqui, temos a ideia vívida de um suco amarelo-alaranjado.

Com a evolução, a fragrância de Impact começa a se mostrar mais resinosa, quase oriental. Em um momento, você sente algo balsâmico; em outro, algo incensado. E a secagem traz um acorde amadeirado muito cremoso e leve.

Finalmente, com IMPACT, a marca sai da sua zona de conforto, representada por suas inúmeras fragrâncias aromáticas, diurnas e versáteis. Todavia, pecou ao não ousar, algo que todos esperavam e que o mercado vem permitindo. Isso porque, verdade seja dita, as inúmeras comparações com a fragrância de Boss Bottled (Hugo Boss) não são infundadas. A diferença, no entanto, é que esta última foi lançada há mais de duas décadas.

E por mais que eu não goste de traçar comparativos, irei enumerar as principais diferenças que pude perceber, ok? A fragrância de Impact é mais suculenta, enquanto a outra abre frutada e seca, quase crocante; a evolução de Impact é mais esfumaçada, enquanto a outra é mais especiada; a secagem de Impact é mais jovial e densa, enquanto a outra é mais sóbria e com facetas salgadas; Impact exala muito mais no começo, enquanto a outra exala mais, mesmo depois de seis horas sobre a pele.

Resumindo, é dispensável ter os dois perfumes na mesma prateleira e ao mesmo tempo. Lado a lado, eles realmente se parecem bastante e possuem performance similar. Na minha opinião, é questão de gosto. Mas deixo aqui um depoimento real: por identificação com a marca, pessoalmente, eu escolheria o perfume da concorrente. Mas agora, conhecendo a fragrância, eu prefiro Impact.


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É jurado e crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, blog especializado em perfumaria.

Latest posts by Cassiano Silva (see all)

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: