shadow

MISS DIOR BLOOMING BOUQUET (2014), DE DIOR

Perfumart - resenha do perfume Dior - Miss Dior Blooming Bouquet

O perfume Miss Dior foi lançado em 1947, quando Christian Dior decidiu apresentá-lo junto com o seu primeiro desfile. Seu sucesso impulsionou a criação de mais de 20 variações, servindo de pilar para o lançamento de novas linhas e edições limitadas. Em 2005, Miss Dior Chérie foi lançado e um de seus flankers se chamou Miss Dior Chérie Blooming Bouquet, lançado em 2008 e reformulado em 2011. Porém, em 2012, a Dior decidiu renomear a família de fragrâncias, acabando com o nome Chérie.

É preciso contar um pouco da história para explicar que o perfume Miss Dior Blooming Bouquet, da qual trata esta resenha, é a versão “atualizada” das antigas fragrâncias Blooming Bouquet da linha Chérie, que sempre tiveram a peônia como ingrediente-chave.

A composição traz a bergamota da Calábria, revelando com seu frescor as notas de corpo, que carregam um delicioso buquê floral e delicado, obtido através da peônia e do absoluto de rosa Damascena, além de um acorde de pêssego. A base traz um almíscar branco e vívido, que confere ainda mais suavidade e ganha peso com um toque de patchouli.

Na pele, a saída é levemente azeda e evolui rapidamente para uma fragrância floral e vibrante, de estilo jovial. A peônia ainda desempenha bem o seu papel, mas já não reina absoluta como antes, pois é difícil disputar espaço com a rainha das flores. Deste ponto em diante, a evolução se torna mínima, quase nula, conforme os minutos passam. Utilizado com sabedoria, o almíscar dá novos sopros de vida e prolonga a durabilidade da fragrância.

Miss Dior Blooming Bouquet (2014) é suave, porém persistente. Por vezes parece tímido, mas tem aquela pitada de sedução que funciona sob o véu da timidez. É fresco, floral e denota qualidade. É como um passeio pelos jardins de rosas de Christian Dior, antes das cinco da manhã, quando as mesmas começam a desabrochar.


 

The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: