shadow

MISS DIOR EAU DE TOILETTE (2019), DE DIOR

Perfumart - resenha do perfume Dior - Miss Dior EDT

O perfume Miss Dior foi lançado em 1947, quando Christian Dior decidiu apresentá-lo junto com o seu primeiro desfile. Seu sucesso impulsionou a criação de mais de 20 variações, servindo de pilar para o lançamento de novas linhas, como Miss Dior Chérie (2005) e Miss Dior Eau de Toilette Originale (2011).

Em 2012, a Dior decidiu renomear a família de fragrâncias, acabando com o nome Chérie e lançando um novo Miss Dior Eau de Parfum. E para acompanhar as mudanças, em 2013 a grife trouxe uma nova fragrância Eau de Toilette para o mercado, chamada apenas de Miss Dior Eau de Toilette.

No início de 2019, uma nova reformulação ocorreu e a fragrância de Miss Dior Eau de Toilette abandonou o néroli para trazer o mesmo duo de laranja-sanguínea e mandarina que está presente em Miss Dior Eau de Parfum (2017), em uma tentativa de unificar os flankers atuais.

Para dar vida à nova fragrância, François Demachy criou uma composição mais vibrante e de nuances verdes, removendo um pouco do efeito carnal da versão EDP, a partir do uso do lírio do vale na parte central. Então, enquanto a saída cítrica e suculenta aguça os sentidos, através das notas de mandarina e laranja-sanguínea, o corpo floral ganha um toque de leveza, quando a rosa de Grasse e o jasmim se encontram com o lírio do vale. A base carrega a força do patchouli, cujas nuances beiram o limite entre o adocicado e o amadeirado.

Na pele, Miss Dior Eau de Toilette se comporta, claramente, como uma versão mais leve e radiante da versão Eau de Parfum de 2017, que é uma característica que eu aprecio muito, uma vez que a mudança de concentração sempre foi trabalhada desta forma no passado, até o momento em que as marcas começaram a lançar composições completamente diferentes dentro de uma mesma família.

Dito isso, se você conhece Miss Dior EDP (2017), irá encontrar aqui uma fragrância mais fácil de usar, mas com a mesma qualidade e assinatura olfativa. Por ser menos adocicada e intensa, acaba parecendo a opção ideal para uso diurno, enquanto a outra seria a opção mais indicada para ocasiões nas quais se quer exalar mais sensualidade. Ainda assim, Miss Dior Eau de Toilette não decepciona em eventos noturnos, tampouco nos quesitos de rastro e duração.

Agora, se você ainda não conhece Miss Dior EDP (2017), sugiro começar por esta versão EDT e, caso role uma paixão arrebatadora, vale então partir para algo mais pesado, mudando o estado civil para: “em um relacionamento sério comigo mesma”.


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »