shadow

MOOD INDIGO, DE L’ENVIE PARFUMS

Perfumart - resenha Mood Indigo

O perfume Mood Indigo recebeu o número oito na coleção de fragrâncias da L’Envie Parfums. Seu nome significa, em Língua Portuguesa, “Humor Azul” (tradução literal), uma vez que o termo índigo vem das tonalidades azuis da anileira (Indigofera tinctoria), cuja tintura é obtida após a fermentação das folhas frescas em água e, por oxidação, precipita como um pigmento azul.

A empresa conta que a inspiração do nome vem de uma canção interpretada por Nina Simone, que fala: “You ain’t never been blue, Till you’ve had that mood indigo”. Em português, seria algo como: “Você nunca foi triste, até você ter aquele humor índigo”.

A fragrância de Mood Indigo traz notas de toranja, hortelã, melão verde, anis estrelado, pimenta rosa e maçã, na abertura. Então, o corpo revela notas de frésia, magnólia, ciclâmen, folhas de violeta, lavanda e acorde aquoso. Ao fundo, notas de cedro, couro, patchouli, fava tonka, sândalo e almíscares.

Na pele, Mood Indigo se comporta como um perfume frutal-aquático, uma vez que a saída entrega um suculento frescor de toranja e melão, um prato cheio para os homens brasileiros. A composição também traz Linalol, composto muito presente em plantas como a hortelã e alguns frutos cítricos. Aqui, ele confere um aspecto gelado, sem ficar mentolado em excesso.

O corpo, mais aromático do que floral, traz as nuances mais leves das flores de magnólia e ciclâmen, que ganham reforço pelo acorde aquoso. E as folhas de violeta desempenham papel fundamental na secagem, pois, nesta composição, deixam de lado aquele aspecto levemente atalcado da íris, em detrimento das facetas mais ozônicas.

A L’Envie diz que Mood Indigo é uma nova abordagem para as notas de couro, misturando o frescor dos cítricos. Todavia, não acho que o couro tenha grande presença, pelo menos na minha pele. Portanto, se você acredita que irá encontrar uma fragrância com uma bela nota de couro contrastando com um acorde cítrico, talvez seja melhor comprar uma amostra antes.

Para mim, Mood Indigo funciona ao redor das notas de melão, anis, folhas de violeta, cedro e almíscar, em uma reinterpretação de um perfume lançado em 2002, que conquistou o mundo inteiro, em especial os homens que moram nos países mais quentes: Polo Blue (Ralph Lauren). Até a pirâmide olfativa guarda semelhanças, quando a gente vê as notas de melão, manjericão, acorde amadeirado, almíscar, patchouli e camurça.

E no final das contas, está tudo bem. Não gosto muito das comparações, mas, às vezes, elas são tão evidentes, que fica feio tentar tapar o sol com a peneira e dizer que o produto é único ou completamente inovador.

O fato é que Mood Indigo está no mercado, tem qualidade, custa bem menos do que o outro, atende as expectativas, agrada facilmente e transmite bastante frescor. Não tem como dar errado!


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: