shadow

NOORIA, DE ACCENDIS

Perfumart - resenha do perfume Accendis Nooria

O perfume Nooria foi lançado em 2021 e conta a história da menina que sempre volta, animada e alegre, para iluminar a terra. Nasceu e renasceu do sol, e sempre dança, brinca e cavalga, escondendo-se nas folhas e sombras dos bosques, correndo livre pelas verdes encostas das montanhas. Ela é a filha esplêndida do sol, a criança risonha feita de ouro luminoso, a loura radiante que vive em reverberações brilhantes no brilho das águas. Sua essência pode ser percebida em cada lugar acariciado pelo sol, seu sorriso pode ser vislumbrado em todo o seu filamento brilhante e puro. Brincar com um raio de sol é como brincar com Nooria. Os beijos mornos do sol são seus doces beijos, e mergulhar na luz do sol é como ser permeado e preenchido com seu deslumbrante espírito.

A fragrância de Nooria é floral-powdery-ambarada e foi criada pelo perfumista Christian Carbonnel, que já criou mais de 100 fragrâncias para grifes como Al Haramain, Xerjoff, Kajal, Masque Milano, Nobile 1942, Sospiro etc. Ela carrega notas de saída de mandarina, limão e bergamota; notas de corpo de gerânio, jasmim, tuberosa e ylang-ylang; notas de fundo de patchouli, baunilha, fava tonka, madeiras de guáiaco e de sândalo, âmbar e almíscar.

Ao ser borrifada, a fragrância é levemente cítrica e, de imediato, bastante floral. A mandarina dá um toque de energia, mas o jasmim vem com tudo, opulento e fresco, com facetas mais verdes e menos indólicas. E com notas como ylang-ylang e tuberosa, vamos combinar que fica muito difícil notar qualquer outra que esteja ao seu redor, não é mesmo?

Todavia, uma coisa precisa ser dita: Nooria traz uma tuberosa extremamente gentil e um ylang sofisticado e até discreto. O cheiro adocicado de bananas, bastante comum neste ingrediente, não domina nesta fragrância. Um lado meu até gostaria que dominasse e que fizesse, junto com a tuberosa, um estrago no ambiente, como um floral branco bastante opressor. Mas o requinte fala mais alto e a evolução prova isso.

A base vem com suavidade e transforma esse buquê de flores brancas e amarelas em um ornamento de grandes proporções, agora mais doce. A baunilha tem cheiro de creme, o sândalo tem textura de cobertor macio, o patchouli tem efeito terroso e o âmbar dá o toque oriental. Nooria passa a se comportar como um “floriental” e assim permanece, até o fim.

Na minha pele, projeta de forma mediana, mas parece estar mais rente à pele do que realmente está. É mais feminina, mas funciona bem com os homens que adoram tuberosas e buscam por fragrâncias mais vibrantes e almiscaradas. Podia ser tormenta, mas é calmaria.


 

The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *