shadow

QUATRE ABSOLU DE NUIT POUR HOMME, DE BOUCHERON

Perfumart - resenha do perfume Boucheron - Quatre Absolu de Nuit Homme

Quatre Pour Homme foi lançado em 2015, logo após a versão feminina ter sido anunciada. A inspiração foi a linha de anéis de mesmo nome, que possui uma vasta gama de opções, mas que tem, por princípio, combinar quatro bandas de texturas com diferentes tipos de ouro e pedras preciosas, formando uma única peça. Daí a razão do nome.

Quatre Absolu de Nuit pour Homme é o segundo flanker masculino da linha, diferente da versão feminina, que já conta com quatro variações, sendo Quatre En Rouge a mais recente delas (2019). Foi lançado em 2017 e sua fragrância foi criada por Jacques Huclier, perfumista da Givaudan há mais de uma década, que já se envolveu em projetos para Mugler, Nina Ricci, Avon, Gucci, Davidoff, etc.

A fragrância de Quatre Absolu de Nuit pour Homme possui notas de sálvia, limão siciliano e lavanda, no topo da composição. Em seu corpo, foram combinadas notas de noz-moscada, akigalawood, pimenta e patchouli. A base carrega notas de baunilha, vetiver e cedro do Atlas.

Na pele, esta versão é a prova real de que sempre vale a pena esperar. Quando conheci a original, fui com muita sede ao pote e a frustração foi grande. Desta vez, sem nenhuma expectativa, me deparei com uma fragrância agradável (embora sem inovação), que entrega qualidade, ótima performance e não deixa de lado a elegância comum das grifes do ramo de joalheria.

Quatre Absolu de Nuit pour Homme abre com um delicioso combo de lavanda e noz-moscada e ganha um tom ainda mais picante e oriental graças à Akigalawood, que é patenteada pela Givaudan e foi obtida do patchouli, através de biotecnologia. Suas nuances vão desde o amadeirado do OUD ao floral de rosas. Não sinto muita evolução, mas dá para notar quando a baunilha entra em ação deixando a fragrância mais cremosa. E o vetiver traz ainda mais facetas de madeiras, reforçando o estilo amadeirado-especiado desta criação.

Consigo entender as inúmeras comparações com Le Male (Gaultier), mas está longe de ser o mesmo perfume. Quatre Absolu de Nuit pour Homme transita pelo mesmo caminho olfativo das dezenas de fragrâncias que combinam lavanda, sálvia, patchouli e baunilha. Portanto, similaridades abundam! Mas basta usar uma ao lado da outra para perceber todo um universo de diferenças, ou seja, cuidado com o que você lê e/ou vê por aí.

Em questões de visual, o frasco manteve a identidade visual da linha Quatre e recebeu um gradiente que vai do cinza ao azul, dependendo da iluminação. A fragrância é Eau de Parfum e possui projeção explosiva, mas que acalma em pouco tempo, prezando pela sofisticação discreta. A fixação é ótima, pelo menos por aqui.

Por fim, não acho que seja um bom flanker, pois não sinto muito do DNA anterior. Mas se trata de uma boa opção para quem não se rende aos perfumes mais frescos do mercado e não gosta de incomodar o olfato alheio com fragrâncias mais invasivas.


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »